Global Safety STAND-DOWN - Segurança no Trabalho 26 DE JANEIRO, 2024

No dia 26, durante uma hora, foi realizada a sessão GLOBAL SAFETY STAND-DOWN na Valorminho e em todas as unidades de negócio do Grupo Mota-Engil, para analisar os acidentes de trabalho ocorridos em 2023.

 

O objetivo foi dar a conhecer as principais causas, reforçar as medidas a cumprir e implementar, para evitar situações futuras e para que, na segurança no trabalho, 2024 seja um ano de viragem positiva em todo Grupo Mota-Engil.

 

Esta sessão foi orientada pela Administração da Valorminho, transmitindo a extrema importância do tema para que a segurança no trabalho esteja em todas as frentes das atividades realizadas.

Global Safety STAND-DOWN - Segurança no Trabalho 26 DE JANEIRO, 2024

No dia 26, durante uma hora, foi realizada a sessão GLOBAL SAFETY STAND-DOWN na Valorminho e em todas as unidades de negócio do Grupo Mota-Engil, para analisar os acidentes de trabalho ocorridos em 2023.

 

O objetivo foi dar a conhecer as principais causas, reforçar as medidas a cumprir e implementar, para evitar situações futuras e para que, na segurança no trabalho, 2024 seja um ano de viragem positiva em todo Grupo Mota-Engil.

 

Esta sessão foi orientada pela Administração da Valorminho, transmitindo a extrema importância do tema para que a segurança no trabalho esteja em todas as frentes das atividades realizadas.

EGF e Fundação do Futebol unidos por uma Final Four sustentável 22 DE JANEIRO, 2024

Semana do Futebol Profissional volta a ser um Ecoevento onde serão promovidas boas práticas ambientais

 

Pela segunda época consecutiva, a EGF e a Fundação do Futebol – Liga Portugal convertem a Final Four da Allianz CUP num Ecoevento, que está a decorrer em Leiria, até ao dia 27 de janeiro.

 

Mais que três jogos de Futebol onde se irá consagrar o novo Campeão de Inverno, a Final Four é também uma semana plena de entretenimento e atividades que prometem dar um colorido muito especial à cidade do Lis e envolver toda a comunidade local, sendo, simultaneamente, um Ecoevento.

 

Durante esta semana, serão muitas as ativações de sensibilização ambiental promovidas pela EGF e pela Valorlis, responsável pela contentorização na área na Fan Zone, que estarão disponíveis a toda a comunidade no stand da Fundação do Futebol – Liga Portugal neste mesmo espaço, situado em pleno coração de Leiria.

 

Em dias de jogo, o Estádio Municipal de Leiria – Dr. Magalhães Pessoa contará com um reforço de contentorização de reciclagem, para que todo espetáculo futebolístico conte com um forte compromisso de sustentabilidade ambiental, como é apanágio da Fundação do Futebol.

 

Importa referir, ainda, que no dia 26 de janeiro será criada por alunos da Escola Secundária Domingos Sequeira, junto ao Estádio Municipal de Leiria, uma instalação artística feita com materiais reciclados recolhidos ao longo destes dias. Essa mesma instalação será depois exibida no dia mais aguardado por todos: a grande final, a 27 de janeiro.

 

Na aplicação Recycle Bingo, o jogo da EGF que incentiva e premeia as boas práticas ambientais, estará disponível uma missão especial e exclusiva para todos os utilizadores ao longo desta semana dedicada ao Futebol Profissional.

 

Este Ecoevento decorre no âmbito do protocolo de cooperação para a Sustentabilidade entre a EGF e a Fundação do Futebol, que prevê a organização e promoção conjunta de eventos e iniciativas relacionados com as respetivas áreas de atuação.

 

Estão, por isso, reunidos todos os condimentos para que esta seja uma grande festa do Futebol Profissional e com total respeito pelos seus compromissos ambientais!

 

 

Sobre a EGF:

A EGF é uma empresa europeia de referência no setor ambiental e líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal. Integrada no Grupo MOTA-ENGIL, é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente.

A gestão dos sistemas de tratamento e valorização de resíduos é feita através de 11 empresas concessionárias (Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor, Valorsul), constituídas em parceria com os municípios servidos, que processam anualmente cerca de 3,3 milhões de toneladas de resíduos urbanos (RU), servindo uma população de 6,3 milhões de pessoas distribuídas por 174 municípios, numa área equivalente a 60% do território em Portugal.

 

Sobre a VALORLIS

A VALORLIS é a empresa que gere a recolha seletiva e o tratamento de resíduos urbanos dos municípios de Batalha, Leiria, Marinha Grande, Ourém, Pombal e Porto de Mós e continua a apostar na sensibilização junto da comunidade, de modo a garantir um adequado funcionamento do sistema de gestão de resíduos urbanos da região.

 

Sobre a Fundação do Futebol – Liga Portugal:

A Fundação do Futebol tem como objetivo utilizar a notoriedade do Futebol, dos seus intervenientes e das competições profissionais em prol da Responsabilidade Social e da promoção da Sustentabilidade Ecológica, por um Futebol positivo e tolerante tendo em vista uma sociedade mais inclusiva e equitativa.

Tudo isto sendo uma entidade de referência nacional e internacional na área da Responsabilidade Social empresarial e no âmbito do Futebol Profissional, desenvolvendo ações criadoras de valor para a Sociedade Civil, através dos valores do Futebol.

Mais informações em: https://fundacaodofutebol.ligaportugal.pt/

 

 

Formação interna na Valorminho 19 DE DEZEMBRO, 2023

A Valorminho realizou no passado dia 14 de dezembro a formação interna sobre as novas especificações técnicas dos resíduos de embalagens provenientes da recolha seletiva e da recolha indiferenciada.

 

Pretendemos, assim, dotar os nossos colaboradores de ferramentas e conhecimentos que ajudem a colocar em prática estas orientações.

 

 

 

 

Valorminho | Nova solução de Gestão Documental e Gestão de Processos 06 DE DEZEMBRO, 2023

A Valorminho realizou no passado dia 6 de dezembro, a apresentação da nova solução de Gestão Documental e Gestão de Processos – SimpleFlow.

 

Esta nova solução vem abraçar a inovação e a digitalização das nossas formas de trabalhar, recorrendo a uma solução informática de gestão integral de processos e da documentação associada.

 

Com esta nova ferramenta pretendemos aumentar a qualidade e eficiência dos fluxos de negócio, desmaterializar a documentação física e gerir a informação documental de forma transversal, centralizada e uniformizada em toda a organização.

Valorminho promove sessões com a Fundação Manuel António da Mota 29 DE NOVEMBRO, 2023

Fundação Manuel António da Mota desenvolve uma política ativa de responsabilidade social interna, concebendo e executando programas que têm como objetivo ajudar os colaboradores em diferentes momentos da sua vida.

 

Assim, e com o objetivo de divulgar os programas de apoio social e familiar que a Fundação tem ao dispor dos colaboradores do grupo, foi realizada, no dia 22 de novembro, uma sessão de esclarecimento na Valorminho sobre os projetos de auxílio que tem disponíveis:

 

  • Programas de Bolsas de Estudo
  • Bolsas de Primeira Infância
  • Consultório Financeiro
  • Fundo de Apoio Social
  • Fundo 1+2, Fundo Saúde +
  • Kit welcome baby.

Mais informação sobre estes programas pode ser consultada aqui: https://www.fmam.pt/intervencoes-na-comunidade/

 

 

Magusto na Valorminho 24 DE NOVEMBRO, 2023

Tradição do Magusto assinalada na VALORMINHO

 

A Valorminho promoveu no passado dia 15 o tradicional magusto para todos os colaboradores nas suas instalações de S. Pedro da Torre, Valença.

 

Com esta iniciativa, o nosso objetivo foi proporcionar um momento de salutar convívio entre todos os colaboradores, fortalecendo os laços que nos unem.

 

Um OBRIGADO a todos os colaboradores presentes, na certeza de que estes momentos nos ajudam a propiciar um saudável ambiente de trabalho.  

EGF APOIA ESCOLA AMIGA DA CRIANÇA EM ESTUDO SOBRE FELICIDADE E BEM-ESTAR NAS ESCOLAS PORTUGUESAS 21 DE NOVEMBRO, 2023

EGF APOIA ESCOLA AMIGA DA CRIANÇA EM ESTUDO SOBRE FELICIDADE E BEM-ESTAR NAS ESCOLAS PORTUGUESAS

 

A EGF e a Escola Amiga da Criança promovem, pela primeira vez, um estudo inovador que avalia a felicidade e o bem-estar de alunos e professores nas escolas portuguesas. A iniciativa, que juntou a LeYa à Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa, à Católica Porto Business School, ao Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, ao Instituto de Saúde Ambiental/Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, e à equipa Aventura Social, em parceria com a Escola Amiga da Criança (LeYa Educação, CONFAP e Eduardo Sá), acaba de lançar o estudo “Bem-estar e felicidade nas escolas portuguesas” que se baseia na realização, no último ano letivo, de inquéritos a mais de cinco mil professores e a mais de três mil alunos de todos os níveis de ensino.

 

O estudo pretendeu caraterizar a perceção de felicidade dos alunos e professores portugueses na escola, atendendo às dimensões de bem-estar geral, bem-estar na escola e esperança, e, ainda, identificar, por um lado, a influência dos contextos e/ou ecossistemas (escola, colegas e família) e, por outro, a importância que a perceção de um desenvolvimento sustentável do planeta tem na perceção de felicidade.

 

Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF, afirma: “Acreditamos na educação e no seu potencial de mudança quanto aos temas de sustentabilidade ambiental. E acreditamos também que é preciso estudar e aceder a informação que nos oriente na melhor tomada de decisão”.

 

Neste âmbito, os professores têm maiores preocupações de sustentabilidade e ambientais do que os alunos. Contudo, os alunos apresentam, no geral, valores de felicidade superiores aos dos professores. Há uma diferença substancial entre as expetativas dos alunos quanto ao seu bem-estar hoje e aquele que esperam alcançar dentro de 5 anos; em menor grau, também os professores esperam alcançar maior bem-estar dentro de 5 anos.

O lançamento do estudo acontece enquanto decorre a Semana Europeia de Prevenção de Resíduos que, este ano, tem como mote “EMBALAGENS | NÃO TE DEIXES EMBRULHAR!”, com diferentes ações em toda a Europa, nas quais a EGF participa há muitos anos.

 

Consulte as conclusões do estudo “Bem-estar e felicidade nas escolas portuguesas” no PDF

 

 

EGF renova parceria com a Fundação do Futebol 31 DE OUTUBRO, 2023

EGF renova parceria com a Fundação do Futebol

 

Novo acordo foi firmado para mais um ano de trabalhos

com foco na sustentabilidade ambiental do Futebol Profissional

  

 

A EGF e Fundação do Futebol – Liga de Portugal, renovaram o protocolo de cooperação para a área da Sustentabilidade, reconhecendo que a parceria de sucesso permitiu ao Futebol Profissional dar passos sólidos na gestão de resíduos.

 

A parceria, em vigor desde 2022, já promoveu a colocação de 72 contentores para a separação seletiva de resíduos junto aos bancos das equipas técnicas, nos 36 estádios onde se disputam jogos das competições organizadas pela Liga Portugal.

 

A assinatura da renovação de parceria contou com a Mascote da Liga Portugal – “O Ligas” foi até à EGF e entregou o contrato que marca mais um ano de aposta na sustentabilidade ambiental no futebol português.

 

Este é o grande mote para a extensão da parceria que se tem revelado um enorme sucesso para ambas as partes: o desenvolvimento de novos projetos na área da Sustentabilidade, em concreto na gestão de resíduos, que sejam estimulantes para que todos os Clubes se continuem a associar e a participar de forma inequívoca.

 

A Liga Portugal pretende manter a colaboração da EGF em todos os eventos organizados pelo organismo que tutela o Futebol Profissional, de forma a torná-los mais sustentáveis e a passar uma mensagem clara a todos os adeptos: O Futebol Profissional caminha de mãos dadas com a Sustentabilidade!

 

 

 

 

 

Linha de Reciclagem assinala dois anos 27 DE OUTUBRO, 2023

Linha de Reciclagem assinala dois anos

Serviço de atendimento gratuito dedicado aos cidadãos

 

A Linha da Reciclagem do Grupo EGF, um serviço de atendimento público, gratuito e nacional dedicado a dar respostas e soluções aos cidadãos quanto às suas dúvidas relacionadas com a recolha e tratamento de resíduos urbanos assinala hoje dois anos.

 

Lançada em 27 de outubro de 2021, a Linha da Reciclagem já recebeu mais de 81.500 contactos, conseguindo ultrapassar só este ano mais de 46 mil contactos, realizados sobretudo via telefone, email ou website. Apoiada numa equipa de profissionais especializados que dão resposta à população de todo o país, a Linha da Reciclagem é um canal de contacto para o qual o cidadão pode ligar de forma gratuita, com a certeza de que do outro lado está um operador pronto a ajudar a resolver o problema que tem em mãos.

 

A inovação da Linha da Reciclagem está nos processos e na forma expedita como as 11 empresas concessionárias da EGF se articulam para dar resposta a uma necessidade com poucas soluções nacionais – se alguém tem resíduos para entregar e não sabe onde; quais os procedimentos; dúvidas sobre reciclagem; e todo um conjunto de outras questões que este serviço pode ajudar a resolver.

 

No seguimento da necessidade crescente, por parte dos cidadãos, em adotar comportamentos ambientais adequados e de terem disponível um canal de contacto simples e cómodo, a EGF tem planos para o próximo ano que trazem mais funcionalidades interativas e utilização de inteligência artificial, nomeadamente na ligação dos contactos por parte dos cidadãos e a gestão das rotas dinâmicas implementadas em todo o Grupo, que permitirão uma gestão de resíduos mais eficiente.

 

Em apenas dois anos de atividade, a Linha da Reciclagem foi já distinguida com o Grande Prémio APCE 2021, na categoria de Multimédia Externo: Website, blog e apps externas; e com a Menção Honrosa do Prémio de Reconhecimento de Práticas em Responsabilidade Social e Sustentabilidade, da APEE, na categoria do Objetivo 11 de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estabelecido pela Organização das Nações Unidas até 2030: Cidades e Comunidades Sustentáveis.

 

A Linha da Reciclagem funciona gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00, através dos seguintes contactos: Telefone: 800 911 400; email: atendimento@linhadareciclagem.pt, website: www.linhadareciclagem.pt ou pelas redes sociais no Facebook, Linkedin e Instagram.

 

Clique aqui para assistir ao vídeo oficial da Linha da Reciclagem - https://vimeo.com/878316162?share=copy

VALORMINHO promove participação pública no PAPERSU 24 DE OUTUBRO, 2023

VALORMINHO promove participação pública no PAPERSU

Plano de Ação para a Aplicação do Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos 2030

 

 

A VALORMINHO promove a participação pública no PAPERSU que se encontra em desenvolvimento – o Plano de Ação para a Aplicação do Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos 2030 na região do Vale do Minho.

 

O papel dos cidadãos é fundamental para o sucesso das políticas e das medidas a implementar, e é com este foco que a VALORMINHO apela à participação dos cidadãos enquanto gestores de recursos que colaboram no processo de decisão. As participações são feitas através do website da VALORMINHO em https://www.valorminho.pt/pt/sustentabilidade/papersu/ até ao dia 10 de novembro de 2023. É no website que se encontra o formulário de participação pública onde cada participante poderá deixar as suas sugestões.

 

O plano, que neste momento se encontra em desenvolvimento por parte dos municípios e dos Sistemas de Tratamento de Resíduos Urbanos em todo o país, deve incorporar sugestões e propostas por parte dos cidadãos.

 

 

METAS AMBIENTAIS EXIGENTES

As Metas Ambientais Europeias a que Portugal está sujeito entre 2030 e 2035 são muito exigentes. A Meta de Reciclagem implica atingir entre 60% e 65% do total dos resíduos urbanos existentes e a Meta de Deposição em Aterro em 2035 não poderá ultrapassar os 10% da totalidade dos resíduos urbanos tratados, o que naturalmente impõe uma alteração profunda aos hábitos da população portuguesa.

 

Em 2021, em Portugal, 56% dos resíduos foram depositados em Aterro e a Meta de Reciclagem atingiu os 32%, e esta é a referência de partida a nível nacional.

 

 

Sobre a Valorminho

A Valorminho é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente nos municípios de Caminha, Paredes de Coura, Melgaço, Monção, Valença e Vila Nova de Cerveira. A Valorminho serve cerca de 75 mil habitantes, numa área geográfica de 950 km2.

 

 

Programa Ecovalor reforça sensibilização ambiental em escolas de todo o país e apresenta nova imagem 10 DE OUTUBRO, 2023

Nova edição do programa de boas práticas ambientais da EGF

 


O programa de promoção de boas práticas ambientais em escolas de todo o país, que premeia quem apresenta melhor desempenho na reciclagem – o Ecovalor – regressa para mais um ano letivo e com uma nova imagem.

 


Focada nas pessoas que participam no projeto ambiental, a nova imagem do Ecovalor destaca as pessoas que participam no programa, desde o ensino primário até ao secundário. Com uma mensagem simples, mas direta, assente em “Recicla e Ganha”. “Nas escolas reciclar dá prémios” ou “Com o Programa Ecovalor, reciclar é ganhar”, as mensagens do programa pretendem reforçar a sensibilização ambiental da comunidade escolar para a prática diária da reciclagem.

 


Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF, destaca “o contributo do programa Ecovalor, para a promoção das boas práticas ambientais e para a valorização da importância da reciclagem de resíduos, com desempenhos crescentes e significativos de ano para ano”.

 


Promovido em todo o país pela EGF e pela VALORMINHO, o Programa Ecovalor destina-se a todas as comunidades escolares dos 174 municípios que integram a área de intervenção das 11 concessionárias da empresa, que pretendam candidatar-se, através da Linha da Reciclagem, para o desenvolvimento de atividades de educação e sensibilização ambiental dedicadas ao tema dos resíduos urbanos.

 


Todas as comunidades escolares, desde alunos, professores, auxiliares e famílias, têm a oportunidade de participar em atividades que promovem as vantagens das boas práticas ambientais no âmbito da valorização dos resíduos urbanos, motivando, através do contacto direto, alterações de comportamentos que permitam melhorar o desempenho ambiental dos municípios.

 


No ano letivo anterior participaram 1.029 escolas, desde o Jardim de Infância ao Ensino Secundário, no concurso “Recicla e Ganha”, conseguindo recolher 3.520 toneladas de materiais para reciclagem: 1.876 de cartão e papel, 526 de vidro e 1.118 de plástico e metal. A EGF, através das suas 11 concessionárias, atribuiu ainda um valor global de 178.131€ em prémios no ano passado. O prémio foi utilizado em função das necessidades do estabelecimento escolar, nomeadamente para a aquisição de equipamentos para a aula de Educação Física, quadros interativos, materiais pedagógicos ou pequenas obras no recinto.

 


No âmbito deste programa, a EGF e a VALORMINHO promovem ainda ações de sensibilização, visitas de estudo às concessionárias e o concurso “Recicla e Ganha”, que, com candidaturas abertas até ao dia 31 de dezembro, mobiliza as comunidades escolares para a separação das embalagens e premeia o bom desempenho na recolha de embalagens. Promove também a campanha “Escola Electrão”, focada na recolha de pilhas e equipamentos elétricos usados também nos estabelecimentos de ensino e é parceira da 7ª edição da Escola Amiga da Criança.

 

Este programa tem ainda variações quanto à logística de recolha (adaptada a cada região) e ofertas específicas por zonas do país, dinamizadas pelas concessionárias da EGF.

 

Mais informações e inscrições através da Linha da Reciclagem:

Telefone gratuito: 800 911 400

Email: atendimento@linhadareciclagem.pt

Website: www.linhadareciclagem.pt

“Escola Electrão” associa-se ao Programa Ecovalor da EGF para impulsionar reciclagem de embalagens, pilhas e equipamentos elétricos nas escolas 25 DE SETEMBRO, 2023

25 de setembro – Dia Nacional da Sustentabilidade

 

Electrão e EGF unem esforços para fortalecer sensibilização ambiental e aumentar recolhas  

 

A campanha “Escola Electrão”, focada na recolha de pilhas e equipamentos elétricos usados, vai associar-se ao concurso “Recicla e Ganha”, uma iniciativa do Programa Ecovalor da EGF, direcionada para a recolha de embalagens nos estabelecimentos de ensino. Electrão e EGF unem assim esforços para reforçar as ações de sensibilização junto da comunidade e impulsionar a reciclagem.

 

Esta procura de sinergias é anunciada esta segunda-feira, 25 de setembro, Dia Nacional da Sustentabilidade, data em que a Organização das Nações Unidas deu a conhecer os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) a atingir em 2030. Os ODS incluem metas como a produção e consumo sustentáveis (ODS 12), proteção da vida terrestre (ODS 15) e todas as parcerias para a implementação destes objetivos (ODS 17).

 

“Com esta procura de sinergias entre as duas campanhas queremos intensificar a sensibilização ambiental e garantir melhores resultados de recolhas de embalagens, pilhas e equipamentos elétricos usados. Só reaproveitando os recursos que já existem podemos tornar a nossa Economia cada vez mais Circular, menos dependente da extração de novos materiais e mais sustentável”, sublinha o Diretor-Geral do Electrão, Ricardo Furtado.

 

 

Para Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF, “esta parceria é uma mais-valia para todas as partes, que desta forma oferece a mais escolas uma solução cómoda e eficaz de encaminhamento de resíduos, permitindo a sua transformação em recursos”.

 

A campanha “Escola Electrão”, que entra na 13ª edição neste ano letivo de 2023/2024, envolvendo mais de 400 escolas, é um projeto do Electrão que tem por objetivo sensibilizar e envolver professores, alunos, funcionários, pais e toda comunidade, em geral, no esforço da reciclagem, com a recolha de pilhas e equipamentos elétricos usados ao longo do ano letivo.  Como contrapartida pelo seu envolvimento as escolas aderentes podem receber vales para a compra de novos equipamentos elétricos com base num sistema de pontos atribuídos em função da quantidade de resíduos recolhidos.

 

O concurso de reciclagem “Recicla e Ganha”, que integra o programa Ecovalor da EGF, envolve mais de 1000 escolas nos 174 municípios servidos pelas empresas do grupo EGF. Tem como objetivo promover boas práticas ambientais em estabelecimentos de ensino em todo o país, premiando aquelas que apresentam melhor desempenho na reciclagem das embalagens usadas. As escolas também recebem prémios monetários como forma de reconhecimento do bom desempenho na quantidade de embalagens separadas para reciclar.

 

Na última edição da “Escola Electrão” foram recolhidas mais de 300 toneladas de pilhas e equipamentos elétricos nos vários estabelecimentos de ensino aderentes à campanha. No último ano, no universo das 11 concessionárias EGF, o concurso “Recicla e Ganha” reuniu 3.520 toneladas de materiais para reciclagem:  1.876 toneladas de papel/cartão, 526 toneladas de vidro e 1.118 toneladas de plástico/metal/pacotes de bebida.

 

Com o Quim Toca a Reciclar 9 DE AGOSTO, 2023

Boas práticas ambientais e incentivos à reciclagem:

Quim Barreiros é protagonista de campanha da EGF

“Com o Quim Toca a Reciclar”

 

O artista português Quim Barreiros é o protagonista da campanha da EGF “Com o Quim toca a reciclar”.

 

Inspirada na nova música do Quim Barreiros “Lixo Zero”, a EGF desenvolveu uma campanha de comunicação em torno deste universo, que promove boas práticas ambientais e incentiva à reciclagem.

 

A campanha “Com o Quim toca a reciclar” vai estar disponível no site institucional e nas redes sociais  da EGF e das suas 11 concessionárias, de Norte a Sul do país, bem como na aplicação Recycle Bingo, com destaque para a música “Lixo Zero” que promove bons comportamentos ambientais. Na aplicação, o cidadão vai encontrar o Quim Barreiros como nova personagem e mestre da reciclagem, e um sábio que se chama “Lixo Zero” e com os quais os utilizadores poderão jogar em realidade aumentada.

 

Procurando alcançar de forma abrangente vários públicos através da música, a campanha “Com o Quim Toca a Reciclar” pretende alertar para a necessidade de se implementar boas práticas ambientais no dia-a-dia, desafiando os cidadãos a reciclarem sempre e em qualquer lugar.

 

Oiça a música "Lixo Zero" aqui: https://www.youtube.com/watch?v=tKGKLx-ZTcw

 

Linha da Reciclagem – Novo Horário 31 DE JULHO, 2023

Linha da Reciclagem – Novo Horário

A partir do dia 1 de agosto a Linha da Reciclagem tem um novo horário.

A linha de atendimento ao cliente passará a funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 19h00.

Do outro lado da linha encontrará operadores experientes que o vão ajudar com todas as dúvidas e questões para as quais precise de ajuda e que estejam relacionados com os resíduos e recursos que gerimos todos os dias.

 

A Linha da Reciclagem é um serviço de atendimento PÚBLICO, GRATUITO e NACIONAL que foi criado para dar respostas eficazes ao cidadão, nomeadamente para responder a dúvidas, pedidos de informação, sugestões, reclamações, elogios e pedidos de serviço relacionados com a recolha e tratamento de resíduos urbanos.

 

Este serviço do Grupo EGF tem disponíveis os seguintes contactos:

 

CONTACTOS LINHA DA RECICLAGEM

Telefone Gratuito: 800 911 400

Email: atendimento@linhadareciclagem.pt

Horário: segunda a sexta-feira, entre as 09h00 e as 19h00

 

Para mais informações sobre esta iniciativa, consulte o website www.linhadareciclagem.pt

Relatório de Sustentabilidade Mota-Engil 2022 28 DE JULHO, 2023

Relatório de Sustentabilidade Mota-Engil 2022

Sob o mote “Paradigm Shift – Actions for a Sustainable future”, a Mota Engil publicou o Relatório de Sustentabilidade de 2022, publicação para a qual a EGF e as várias Concessionárias contribuíram com informação específica sobre a sua atividade.

 

Nesta publicação é possível encontrar informação Ambiental, Social e Económica específica sobre a atividade de tratamento e valorização de resíduos, entre outra informação útil nos vários setores em que o Grupo Mota-Engil atua.

 

 

 

Para mais informações e download:

Relatório de Sustentabilidade 2022

Tabela GRI

Conversas Valorminho e Resulima 18 DE JULHO, 2023

Decorreu no passado dia 14 de julho a primeira edição das Conversas Valorminho/Resulima, onde foram abordados diferentes temas, como a sustentabilidade, o PERSU 2030 e a comunicação interna e externa.

 

 

Este encontro contou com a presença da Administração da Valorminho/Resulima e constituiu-se como um importante momento de aprendizagem, partilha e fortalecimento dos laços que unem os profissionais da Valorminho e da Resulima.

 

 

Contamos com o empenho e alegria de todos na construção de uma Valorminho e de uma Resulima cada vez mais fortes, que garantem a valorização de resíduos da forma mais sustentável, assegurando padrões ambientais exigentes, práticas sociais exemplares e a criação de valor.

“A Nossa casa é um Planeta” 12 DE JUNHO, 2023

A Valorminho, em parceria com o município de Vila Nova de Cerveira, apresentou o projeto de sensibilização imersivo e interativo, em planetário itinerante, “A Nossa casa é um Planeta”, no passado dia 08 de junho.

 

As ações de sensibilização tiveram como objetivo abordar as temáticas de Redução, Reutilização e Reciclagem de resíduos através da projeção de filmes em 360º.

 

A iniciativa contempla a projeção em planetários itinerantes 360º de 3 filmes, especialmente concebidos com conteúdos para públicos-alvo distintos, em função das idades dos participantes.

 

Estas ações contribuem para uma cidadania ativa no domínio do desenvolvimento sustentável e para a construção de uma sociedade de baixo carbono, racional e eficiente na utilização dos seus recursos. 

 

           

Sobre a Valorminho

A Valorminho é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente nos municípios de Caminha, Paredes de Coura, Melgaço, Monção, Valença e Vila Nova de Cerveira. A Valorminho serve cerca de 75 mil habitantes, numa área geográfica de 950 km2.

 

Informações: Joana Cunha | Telemóvel: 934 033 551 | E-mail: j.cunha@resulima.pt

 

 

Valorminho assinala Dia Mundial do Ambiente com a entrega de ecopontos domésticos 05 DE JUNHO, 2023

Integrada nas comemorações do Dia Mundial do Ambiente, a Valorminho, numa parceria com o município de Valença, distribuiu ecopontos domésticos aos colaboradores das escolas do concelho.  

 

No âmbito da campanha "E tu, já reciclaste hoje?" pretendeu-se agradecer o empenho destes agentes educativos na promoção da economia circular, sensibilizar para as exigentes metas de reciclagem a atingir até 2030, bem como melhorar as condições de separação de resíduos e as práticas de reciclagem.

 

Sobre a Valorminho

A Valorminho é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente nos municípios de Caminha, Paredes de Coura, Melgaço, Monção, Valença e Vila Nova de Cerveira. A Valorminho serve cerca de 75 mil habitantes, numa área geográfica de 950 km2.

 

Informações: Joana Cunha | Telemóvel: 934 033 551 | E-mail: j.cunha@resulima.pt

 

 

Dia da Reciclagem | EGF promove experiência virtual 17 DE MAIO, 2023

Para assinalar o Dia da Reciclagem, que se comemora hoje, e contribuir para uma maior sensibilização ambiental da população, a EGF apresenta Visitas Virtuais às suas diferentes unidades de tratamento e valorização de resíduos urbanos, disponíveis online no website da EGF e das suas 11 concessionárias.

 

Procurando alertar o cidadão para o seu papel enquanto gestor de recursos, as Visitas Virtuais às unidades da EGF pretendem partilhar a experiência nos diferentes processos, valorizando o percurso do tratamento de resíduos, desde que o lixo é recolhido até à sua transformação.

 

Ao longo das Visitas Virtuais é possível conhecer todo o processo de tratamento e valorização de resíduos, desde a recolha nos ecopontos de rua ou porta a porta, passando pelo seu tratamento nas diferentes as unidades e, posteriormente, à sua triagem, reciclagem e transformação em novos produtos, promovendo a economia circular.

 

Disponíveis com locução em Português e Inglês, as Visitas Virtuais mostram muitos espaços das instalações filmados em 360º e permitem viajar por cinco diferentes centrais de tratamento de resíduos, nomeadamente: centros de triagem, centrais de valorização orgânica e de tratamento mecânico e biológico, central de valorização energética da Valorsul e aterros sanitários.

 

Com esta iniciativa, a EGF reforça a sua missão de educação ambiental, mostra o que acontece ao lixo dos Portugueses e promove a adoção de comportamentos ambientais adequados de prevenção, reutilização e reciclagem.

 

As Visitas Virtuais estão disponíveis no site da VALORMINHO através do link.

 

 

Festa do Alvarinho e do Fumeiro é um EcoEvento 24 DE ABRIL, 2023

No âmbito da parceria entre a Valorminho e a Câmara Municipal de Melgaço foram sorteados três vales com produtos da região de Melgaço entre os colaboradores da Valorminho, a levantar na Festa do Alvarinho e do Fumeiro que se realiza entre 28 e 30 de abril.

 

Esta iniciativa tem o selo de EcoEvento da Valorminho pela correta gestão dos resíduos produzidos durante a sua realização.

 

A Valorminho agradece a presença de todos os seus colaboradores e dá os parabéns aos contemplados.

 

 

 

 

 

 

 

Saiba mais em htt https://www.cm-melgaco.pt/visitar/festas-e-eventos/enogastronomicos/festa-do-alvarinho/.

Reciclagem cresceu 9% em 2022 12 DE ABRIL, 2023

Aumenta a reciclagem e a participação dos cidadãos

 

A Valorminho, responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos nos 6 municípios do Vale do Minho, registou um forte aumento na recolha seletiva de embalagens (de plástico, metal, papel, cartão e vidro), crescimento este de 9% face a 2021, traduzindo-se na recolha de mais de 4.552 toneladas de plástico/metal, papel/cartão e vidro.

A maior participação por parte dos cidadãos e o investimento, ao longo dos últimos anos, na renovação das instalações e das viaturas, no reforço da contentorização, bem como na comunicação e educação ambiental, tem permitido à Valorminho aumentar a quantidade de material enviado para reciclar.

De destacar que nos municípios de Caminha, Paredes de Coura, Melgaço, Monção, Valença e Vila Nova de Cerveira, foi feito um investimento para o reforço no número de contentores disponíveis à população, bem como de viaturas e outros equipamentos (auto compactadores e caixas de 20-30 m3). Trata-se de um investimento integrado na candidatura financiada pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR). De salientar a continuidade destes investimentos, prevendo-se renovar, em 2023, cerca de 29% dos contentores disponíveis na via pública. Analisados estes esforços e o crescimento na recolha seletiva de embalagens, podemos afirmar que a reciclagem tem evoluído positivamente, e a Valorminho agradece o empenho dos municípios e de todos os cidadãos.

 

Linha da Reciclagem

A apoiar a participação dos cidadãos neste processo está a Linha da Reciclagem – um serviço público, gratuito e nacional que apoia o cidadão no esclarecimento de dúvidas, registo de reclamações e pedidos de serviço. Este serviço multiplataforma inclui o número verde 800 911 400, o website www.linhadareciclagem.pt e o email atendimento@linhadareciclagem.pt.

 

Sobre a Valorminho

A Valorminho é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente nos municípios de Caminha, Paredes de Coura, Melgaço, Monção, Valença e Vila Nova de Cerveira. A Valorminho serve cerca de 75 mil habitantes, numa área geográfica de 950 km2.

 

Informações: Joana Cunha | Telemóvel: 934 033 551 | E-mail: j.cunha@resulima.pt

 

Dedicada ao “Cordeiro à Moda de Monção” | FEIRA DA FODA É UM ECOEVENTO 17 DE MARÇO, 2023

No âmbito da parceria entre a Valorminho e a Câmara Municipal de Monção foram sorteadas duas entradas para o EcoEvento “Feira da Foda” que se realiza entre 17 e 19 de março. A Valorminho agradece a presença de todos os seus colaboradores e dá os parabéns aos contemplados.

 

A “Feira da Foda” é um certame gastronómico dedicado ao “Cordeiro à Moda de Monção”, designado popularmente por “Foda a Monção”. Esta iniciativa tem o selo de EcoEvento da Valorminho pela correta gestão dos resíduos produzidos durante a sua realização.

 

Saiba mais em https://concelho.moncao.pt/pt/menu/742/feira-da-foda.aspx.

CAMPANHA "VAMOS LIMPAR A NOSSA PRAIA?" 01 DE MARÇO, 2023

Durante o mês de março, a Câmara Municipal de Caminha vai promover a iniciativa “Vamos limpar a Nossa Praia?”, com o apoio da Valorminho.

 

Esta iniciativa incluirá várias ações de limpeza nas praias marítimas do concelho de Caminha e também de sensibilização para a necessidade de preservação dos sistemas dunares, proteção das praias e dos oceanos.

 

Participe! Veja abaixo como pode fazer a sua inscrição.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Inscreva-se em: https://docs.google.com/forms/d/1s-9U0jSz45DabT8czNeg8h1-quGXkEOYXJHYuZ7-_MY/viewform?edit_requested=true&fbclid=IwAR1XPL7S3jO0pI5vl9ThQhLh5kemvoldsGyW6z3xPR_LJpJvXgAru-eKbik

Saiba mais em: https://www.cm-caminha.pt/pages/1281?news_id=2866&fbclid=IwAR24HX3hNi8Gs1HCvZy3SF1zD8nvw5mH9hwXDlZHOCuhZQEiKN-NmbHiFqY

Ano Letivo 2022/2023 | EGF INTEGRA ESCOLA AMIGA DA CRIANÇA 05 DE NOVEMBRO, 2022

A EGF integra a Escola Amiga da Criança, sendo um dos parceiros principais desta iniciativa com foco nos temas da Sustentabilidade e Felicidade nas Escolas.

 

A Escola Amiga da Criança e a EGF assinaram um protocolo de cooperação para o ano letivo 2022/2023, no qual se comprometem a colaborar para a promoção e desenvolvimento de estudos científicos sobre questões relacionadas com a escola, as suas pessoas e ecossistemas envolventes.

 

No âmbito desta parceria, a Escola Amiga da Criança e a EGF vão promover um primeiro estudo, que tem prevista a publicação de resultados no 1.º trimestre de 202, que pretende avaliar e caraterizar a Felicidade nas Escolas, com os seguintes objetivos:

 

  • Caracterizar a perceção de felicidade na escola dos alunos e professores portugueses (desde o 2.º CEB ao Ensino Secundário), atendendo às seguintes dimensões: esperança, empenho, pertença, aprendizagem social e emocional e bem-estar. Serão ainda consideradas as dimensões: Sentir bem/propósito; Saúde subjetiva; Exercício saudável; Alimentação saudável (Feel well/Meaning; Subjective health; Move Well; Eat Well, in Marujo & Neto, 2011).
  • Aferir a influência dos climas e/ou ecossistemas (escola, colegas e família) na perceção da felicidade de alunos e professores.
  • Aferir a importância que a perceção de um desenvolvimento sustentável do planeta tem na perceção de felicidade.
  • Criar um observatório, como projeto de longo prazo, para a recolha periódica destes dados, que nos permita comparar os inquiridos aquando do início de um ciclo de estudos e no fim do mesmo.
  • Construir um índice de felicidade das escolas portuguesas, também um projeto a longo prazo.

 

 

Prémios para as escolas

A Escola Amiga da Criança atribui todos os anos prémios às escolas com os melhores projetos em vários temas, e a EGF assumiu o apoio aos projetos de Sustentabilidade com prémios especiais nesta categoria – a possibilidade de receber a visita de planetários itinerantes e o desenvolvimento de mascotes especiais na APP Recycle BinGo (www.recyclebingo.pt).

 

Esta parceria será ainda promovida no Programa Ecovalor, um programa escolar que o Grupo EGF desenvolve há mais de 20 anos e em parceria com os municípios, que tem como oferta atividades educativas de incentivo às boas práticas ambientais sobre resíduos urbanos, e que inclui ações de sensibilização e formação, workshops, concursos e informação pedagógica para toda a comunidade escolar.

 

As candidaturas decorrem até ao dia 30 de junho de 2023, através do site oficial do projeto https://escolaamiga.pt/, onde também se encontram todas as informações sobre a iniciativa.

 

O projeto vencedor ganha 5.000€ (cinco mil euros) em livros LeYa.

A Escola Amiga da Criança premeia adicionalmente o projeto vencedor de cada categoria com 1000€ em livros LeYa para as bibliotecas das escolas e prémios adicionais por parte dos parceiros envolvidos na iniciativa.

 

Sobre a Escola Amiga da Criança

A Escola Amiga da Criança é a iniciativa conjunta da CONFAP (Confederação Nacional das Associações de Pais), da LeYa e do psicólogo Eduardo Sá, que visa distinguir e reconhecer escolas que concebem e concretizam ideias extraordinárias, contribuindo para um desenvolvimento mais feliz e completo da criança no espaço escolar.

 

A 6.ª edição da iniciativa conta também com o apoio da Fundação Altice, REN, Católica do Porto Business School, a Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa, o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, a Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, a Sociedade Ponto Verde, a Associação Mutualista Montepio, The Inventors, Fábrica Centro Ciência Viva da Universidade de Aveiro, EKUI, Associação ACEGIS, Solfut, Maped, Jardim Zoológico de Lisboa e o Oceanário.

Mais informação em https://escolaamiga.pt/

 

Sobre a EGF

A EGF é uma empresa europeia de referência no setor ambiental e líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal. Integrada no Grupo MOTA-ENGIL, é responsável por assegurar o tratamento e valorização de resíduos, da forma ambientalmente mais correta e economicamente sustentável, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente.

A gestão dos sistemas de tratamento e valorização de resíduos é feita através de 11 empresas concessionárias (Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor, Valorsul), constituídas em parceria com os municípios servidos, que processam anualmente cerca de 3,3 milhões de toneladas de resíduos urbanos (RU), servindo uma população de 6,2 milhões de pessoas distribuídas por 174 municípios, numa área equivalente a 60% do território em Portugal.

Mais informação em https://www.egf.pt/

 

Informações: Ana Loureiro |Telemóvel: 968601711 | E-mail: ana.loureiro@egf.pt

SEMANA EUROPEIA DA PREVENÇÃO DE RESÍDUOS 2022 21 DE NOVEMBRO, 2022

De 19 a 27 de novembro decorre a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos (SEPR), este ano dedicada ao tema “Têxteis – Circulares & Sustentáveis, o Lixo está fora de moda!”.

 

Nesta edição da SEPR, a EGF e as suas 11 concessionárias promovem atividades de sensibilização para a redução dos resíduos, a reutilização de produtos e a reciclagem de materiais.

 

A SEPR 2022 pretende chamar a atenção e criar consciência para a necessidade de trazer mais circularidade ao setor têxtil.

 

O consumo de têxteis na Europa tem o quarto maior impacto no ambiente e alterações climáticas, depois da alimentação, habitação e transportes. E está no top três sobre o uso da água e da terra e entre os cinco primeiros em termos de uso de matérias primas e emissão de gases de efeito estufa.

 

Durante esta semana, cidadãos, organizações privadas, entidades públicas e ONG’s organizam ações que pretendem alertar a sociedade para a realidade do consumo excessivo no setor têxtil e que alternativas existem. Esta iniciativa contempla também ações de prevenção, reutilização e reciclagem que abrangem diversos tipos de resíduos e inclui ainda campanhas de limpeza de vários espaços (praias, margens de rios, ruas, espaços verdes, etc).

 

Para mais informações sobre a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos 2022 visite: https://ewwr.eu/por/.

 

A EGF e as suas concessionárias, na SEPR, implementam e apoiam diversas atividades que contribuem para este objetivo da sensibilização para prevenção de resíduos e que assenta também nos 3 R’s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar, e estes são a base da alteração dos hábitos da sociedade de consumo.

 

Ao longo da SEPR, a EGF vai estar nas “Manhãs da Comercial”, entre as 9h00 e as 10h00, a promover hábitos de prevenção de resíduos e a Linha da Reciclagem, https://linhadareciclagem.pt/, um serviço de atendimento gratuito que procura dar resposta a todas as questões sobre resíduos urbanos. Os temas que estarão no ar nesta animada emissão são sobre a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos e também vão esclarecer alguns dos mitos da reciclagem. 

Instituições sociais que mais reciclaram em 2021, são premiadas pela Valorminho 17 de maio, 2022

Instituições sociais que mais reciclaram em 2021, são premiadas pela Valorminho

Mais de 500.000€ em apoios sociais, entregues por todo o país

 

Foram 214 as instituições sociais que participaram na campanha Toneladas de Ajuda em 2021 – a campanha dirigida às instituições sociais e disponível em cerca de 60% do território nacional. Foram mais de 74 mil pessoas que, apesar da pandemia, implementaram boas práticas de redução e reutilização de resíduos e reciclaram 3.779 toneladas de embalagens, superando significativamente os valores de 2020.

 

Todas estas instituições encaminharam para reciclar 2.852 toneladas de papel e cartão, 859 toneladas de plástico, metal e pacotes de bebida e 68 toneladas de vidro. O material separado pelas instituições foi encaminhado para reciclar e cada entidade recebe o seu prémio em função da quantidade de embalagens separada para reciclar, que este ano atingiu um recorde de 506.158 euros.

 

TOP+ | Campeões Regionais

Ao nível da área de abrangência da Valorminho, as instituições vencedoras foram os Bombeiros Voluntários de Paredes de Coura, em primeiro lugar com 53 toneladas, seguida da Associação Desportiva de Campos (39 toneladas) e da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Valença (26 toneladas).

 

 

Campanha Toneladas de Ajuda

A campanha de responsabilidade social Toneladas de Ajuda consiste em valorizar todos os resíduos recicláveis que as instituições sociais inscritas queiram entregar, nomeadamente embalagens plásticas, metálicas, papel, cartão e embalagens de vidro, em troca de uma contrapartida financeira.

Mais informações sobre esta iniciativa neste link: www.egf.pt/pt/sustentabilidade/educacao-ambiental/toneladas-de-ajuda/

Valorminho premeia escolas que mais reciclaram em 2021 17 de maio, 2022

Valorminho premeia escolas que mais reciclaram em 2021

O Grupo EGF divulga resultados de reciclagem nas escolas, participaram 884 escolas de Norte a Sul do país

 

Foram 884 os estabelecimentos de ensino que participaram no Programa Ecovalor em 2021 – o programa de educação ambiental dedicado em exclusivo à comunidade escolar e disponível em cerca de 60% do território nacional. Foram cerca de 274.460 alunos, professores e auxiliares que, apesar da pandemia, implementaram boas práticas de redução e reutilização de resíduos e reciclaram 2.458 toneladas de embalagens.

 

Todas estas escolas encaminharam para reciclar 1.684 toneladas de papel e cartão, 609 toneladas de plástico, metal e pacotes de bebida e 255 toneladas de vidro. O material separado pelos alunos foi encaminhado para reciclar e cada escola recebe o seu prémio em função da quantidade reciclada, num total de 122.896 euros.

 

TOP+ | Campeões Regionais

Na zona de abrangência da Valorminho, há a destacar a Escola Básica de Âncora - Lage, em primeiro lugar com 1,9  toneladas, seguida da Escola Básica de Valença (1,5 toneladas) e do Jardim Santa Casa Misericórdia (1 toneladas). Estas foram as escolas vencedoras da 19.ª edição do programa, que já se encontra em preparação para o ano letivo de 2022-2023.

 

Programa Ecovalor

O Programa Ecovalor tem como objetivo promover boas práticas ambientais em estabelecimentos de ensino, premiando aquelas que apresentam melhor desempenho na reciclagem das suas embalagens usadas. Para além das ações de sensibilização (também disponíveis online), este programa assegura a recolha seletiva, entrega sacos e suportes e inclui o concurso Separa e Ganha – por cada saco de embalagens destinadas ao ecoponto amarelo, a escola receberá 0,50€. Os valores associados à reciclagem de papel/cartão e vidro é específica de algumas regiões, que já deram o passo na reciclagem de mais materiais.

Mais informações sobre esta iniciativa neste link: www.egf.pt/pt/sustentabilidade/educacao-ambiental/programa-ecovalor/

Valorminho mais próxima dos cidadãos 20 DE DEZEMBRO

A Valorminho lança hoje, um novo serviço de atendimento ao cidadão.

 

A Valorminho iniciou hoje um novo serviço de contacto e apoio aos cidadãos da sua região – a Linha da Reciclagem, um serviço de atendimento PÚBLICO, GRATUITO e NACIONAL que foi criado para dar respostas eficazes ao cidadão, nomeadamente para responder a dúvidas, pedidos de informação, sugestões, reclamações, elogios e pedidos de serviço relacionados com a recolha e tratamento de resíduos urbanos.

 

Este novo serviço do Grupo EGF, do qual a Valorminho faz parte, dá resposta a 6 municípios e tem disponíveis os seguintes contactos:

 

 

CONTACTOS LINHA DA RECICLAGEM

Telefone Gratuito: 800 911 400

Website: www.linhadareciclagem.pt

Email: atendimento@linhadareciclagem.pt

 

A linha de atendimento funciona de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 20h00, e do outro lado da linha encontrará operadores experientes que o vão ajudar com todas as dúvidas e questões para as quais precise de ajuda e que estejam relacionados com os resíduos e recursos que gerimos todos os dias.

Também poderá utilizar o novo website com informações úteis e de contacto mais fácil e direto, que permitem resolver com eficácia as suas questões.

 

Para mais informações sobre esta iniciativa, consulte o website www.linhadareciclagem.pt

 

 

Mercado a Reciclar 11 AGOSTO 2021
A Valorminho e os municípios de Valença e Caminha estão a dinamizar a campanha de sensibilização ambiental "Mercado a Reciclar".
Esta campanha incentiva a separação de recicláveis ​​nos mercados, o que irá permitir o seu encaminhamento para reciclagem evitando a sua dispersão e promovendo a valorização dos resíduos recicláveis.
Esta ação conta com o apoio da Sociedade Ponto Verde.
Grupo EGF premiado pela APCE 17 DEZEMBRO 2020

O Grupo EGF sagrou-se vencedor do Grande Prêmio APCE 2020: Edição COVID-19, ex aequo com os CTT, na categoria “Campanha Integrada - Serviços (Setor Terciário)” com a campanha # PREVENIRCOVID19 .

 

A campanha, lançada em Março deste ano, sensibilizou a população a ficar em casa com o objetivo de prevenir a propagação da pandemia por COVID-19, com mensagens e ilustrações simples que evidenciaram as regras mais importantes a ter em conta quando cuidamos dos nossos resíduos em plena fase de pandemia e com uma persistência que alcançou muitos de pessoas em todo o país.

 

 

Esta campanha já ganhou este ano o 2.º prêmio de comunicação da ISWA - Associação Internacional de Resíduos Sólidos e recebeu uma menção honrosa na mesma categoria nos prêmios da APEE - Associação Portuguesa de Ética Empresarial.


Com o mote “nós estamos a trabalhar por si, fique em casa por nós” , uma campanha secundária das concessionárias da EGF que todos os dias trabalharam incansavelmente para garantir um serviço que não pode parar - um encerrado, tratamento e gestão de resíduos.


Uma campanha contou com a colaboração de toda a equipa de Comunicação da EGF, trabalhadores da EGF, da agência Wiz Interactive, Deslink e World IT. Parabéns a todos os envolvidos e à população que continua a reciclar tudo, sempre e em todo lado!

 

Conheça a campanha pioneira em: https://www.egf.pt/pt/media/covid-19/ ou em todas as redes sociais da EGF procurando pela hashtag # PREVENIRCOVID19 . Veja abaixo o momento da vitória do Grupo (15:04 min) e todas as campanhas vencedores dos prêmios de comunicação.

 

Campanha Inclusiva 29 OUTUBRO 2020

“Não é só uma campanha, é um movimento coletivo e inclusivo” – este é o mote que levou a EGF e as suas 11 concessionárias - Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor e Valorsul - a desenvolver um movimento de mudança de comportamentos ambientais.


Concessionárias EGF reorganizam mais de 78.300 ecopontos por todo o país para promover a inclusão e aumentar a reciclagem

 


Entre as várias ações planeadas está a reorganização dos ecopontos, por forma a promover a reciclagem junto dos cidadãos com limitações. Os mais de 78.300 ecopontos de Norte a Sul do país terão uma nova ordem - Azul, Verde e Amarelo, ajudando assim todos aqueles que tiverem limitações visuais. Esta ação deverá estar concluída em fevereiro de 2021.

 

A solução é simples, basta ordenar os contentores dos ecopontos sempre da mesma forma, da esquerda para a direita – azul, verde e amarelo. Desta forma os cidadãos cegos ou com limitações visuais saberão sempre qual o contentor para cada tipo de material.

 

“Com esta ação, não só queremos ter mais cidadãos a reciclar, como queremos que reciclem melhor e para isso temos de ser cada vez mais inclusivos. A campanha - O Futuro do Planeta Não é Reciclável - é mais do que um filme publicitário, este é o maior movimento de sensibilização que alguma vez foi feito, porque juntos poderemos ser o motor de uma mudança necessária e urgente”, afirmou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

 

As concessionárias do Grupo EGF já arrancaram com este projeto, nas suas áreas de atuação, prevendo concluir a ação daqui a quatro meses. Em simultâneo, a EGF convidou todos os sistemas de tratamento e valorização de resíduos, câmaras municipais e organizações, a adotar o mesmo procedimento, para que seja possível uniformizar esta prática em todo o país.

 

AUDIODESCRIÇÃO

Para além da ordenação dos ecopontos, também o código da reciclagem presente em vários suportes informativos, passa a estar disponível em audiodescrição. Se por um lado a sinalética já tinha os símbolos colorADD (que apoia a identificação das cores pelos daltónicos), também agora os cidadãos cegos ou com dificuldades de visão podem ouvir estas regras disponíveis no website da EGF ou ouvir o anúncio da campanha neste formato.

 

OUTRAS INICIATIVAS

A estas iniciativas, acresce a legendagem de todos os filmes divulgados, entre os quais o anúncio de TV, o que permite à comunidade surda o seu entendimento, e alguns conteúdos apresentados por colaboradores da empresam cuja limitação física e/ou psicológica não foram limitações de participação.


Lançada este mês pela EGF e pelas 11 concessionárias, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, esta é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus e tem um investimento de cerca de um milhão de euros.


Mais informações sobre a campanha em: www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/

Mais informações sobre os conteúdos inclusivos: https://www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/campanha-inclusiva/

Golfinho by Xico Gaivota 21 OUTUBRO 2020

O artista plástico Xico Gaivota juntou-se ao movimento “O Futuro do Planeta não é Reciclável” e criou uma escultura de um golfinho, a partir de lixo marinho, por ser uma das espécies marinhas mais icónicas, despertando assim a atenção de ainda mais portugueses para a reciclagem.

 

 

 

A peça pode ser visitada, de forma gratuita, na Loja Capital Verde Europeia 2020, na Praça do Município, em Lisboa, de 2ª a 6ª feira, entre as 9h e as 18h, até dia 31 de dezembro. Após esta data, a peça entrará em digressão por vários espaços em todo o país.

 

 

“Foi com muito orgulho que aceitei o convite para fazer esta peça no âmbito da campanha "O Futuro do Planeta Não é Reciclável". O objetivo é fazer-nos pensar nos nossos comportamento enquanto habitantes deste planeta”, refere Xico Gaivota.

 

Com aproximadamente 2,5 m de altura e cerca de 150 kg, esta obra foi desenvolvida exclusivamente com fragmentos de lixo não manipulados e sem o uso de quaisquer colas ou tintas durante a sua produção. Todos os materiais que o artista usa nas suas peças são recolhidos pelo próprio em praias não concessionadas da costa portuguesa.

 


Xico Gaivota é habitualmente reconhecido pelas suas intervenções para a consciencialização e sensibilização global sobre o lixo existente no mar. Há vários anos que percorre quilómetros pelas praias nacionais, de norte a sul, recolhendo plásticos e outros materiais que se tornam na matéria-prima para as suas criações originais, onde a temática dos animais marinhos é constante.

 

A obra desenvolvida integra assim a campanha “O Futuro do Planeta não é Reciclável, que mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e tem como objetivo provocar a consciência dos portugueses, levando-os a adotarem comportamentos ambientais adequados, no sentido de proteger o planeta. O processo é simples: reduzir, reutilizar e reciclar.

 

Lançada este mês pelas concessionárias EGF - Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor e Valorsul -, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, esta é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus e tem um investimento de cerca de um milhão de euros.

 

Veja aqui o making of de criação da peça:

 

 


Mais informações sobre o artista em: www.xicogaivota.com

Mais informações sobre a campanha em: www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/

 

Ficha Técnica

Peça: Golfinho a Saltar Fora de Água

Horário: 2ª a 6ª feira, das 09:00 às 18:00h

Local: Praça do Município, 
Loja Capital Verde Europeia 2020, Lisboa

Data: Até 31 de dezembro de 2020

Campanha Nacional está ON! 07 OUTUBRO 2020

As concessionárias EGF, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, lançam, esta quarta-feira, a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus. Com um investimento de mais de um milhão de euros, o movimento O Futuro do Planeta não é Reciclável, apela à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. O filme publicitário conta com a realização de Rúben Alves, autor do aclamado filme “A Gaiola Dourada”.

 

O objetivo desta campanha é de levar o cidadão à ação e a fazer parte de um movimento coletivo, através da adoção de comportamentos ambientais adequados na sua gestão diária e ao assumir o seu papel de gestor de recursos, numa cadeia de valor da qual fazem parte a EGF e as suas concessionárias.

 

“Esta é uma campanha muito importante para o grupo EGF. Contámos com o envolvimento de todas as concessionárias, colaboradores e parceiros, para criarmos, em conjunto, um movimento ambiental coletivo que vai fazer a diferença”, sublinhou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

 

Esta campanha integra a candidatura Comunicação Ambiental Estratégica, apresentada pelas concessionárias EGF e aprovada pelo POSEUR para o período 2016-2020 com um cofinanciamento de 85%. Para a sua concretização foi realizado um concurso público com publicidade internacional, tendo sido concretizada a adjudicação pelo valor de 1.061.732€.

 

A apresentação da campanha será feita, hoje de manhã, no teatro Thalia, em Lisboa, numa cerimónia pública que conta com a participação da Secretária de Estado do Ambiente e da Ação Climática, Inês dos Santos Costa.

 

UMA CAMPANHA QUE PRETENDE PROVOCAR CONSCIÊNCIAS

O filme publicitário, da autoria do realizador Rúben Alves, que realizou o filme “Gaiola Dourada”, é muito cinematográfico e tem como objetivo provocar consciências e levar à mudança necessária de comportamentos. Este spot mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e dá rosto e voz aos milhares de trabalhadores deste setor de atividade. Além disso, é ainda realçado o papel dos municípios e organizações, que são convidados a promover esta campanha nas suas regiões.

 

Também a atriz Ana Varela, o humorista, António Raminhos, o cantor Toy e artista urbano Xico Gaivota vão ajudar a dar voz a este movimento, através de várias ações nas redes sociais e na criação de uma instalação para celebrar o movimento. Serão também promovidos eventos e participações regionais, bem como ações de educação ambiental no terreno, como o Programa Ecovalor e o Recycle Bingo.

 

A campanha publicitária multimeios, cuja criatividade esteve a cargo da Tux & Gill, vai estar presente em vários suportes nacionais e regionais - imprensa, rádio, outdoors e televisão-, destacando-se as ações integradas nos programas The Voice Portugal, Big Brother e Manhãs da Rádio Comercial.

 

Destacam-se ainda os cuidados especiais de inclusão e diversidade aplicados nesta campanha, entre os quais, a legendagem dos filmes, a implementação de regras na ordenação dos contentores (azul, verde e amarelo) para invisuais e a criação de uma tatuagem com aplicação dos símbolos ColorADD).

Desafio de S. João 22 de junho 2020

Está em curso ou desafio virtual - desafio de S. João.

 

Envie uma foto de uma sardinha realizada com material reutilizado para o e-mail dora.guterres@valorminho.pt e nós no dia 24 de junho iremos publicar na página do facebook: https://www.facebook.com/Valorminho.pt/

 

📌 As primeiras 10 sardinhas, terão direito a um Ecoponto doméstico 👍
# reutilização # valorminho 

Chegou o Recycle BinGo 2! 05 JUNHO 2020

Este Dia Mundial do Ambiente promete ser muito divertido com o retorno do teu jogo favorito. 

Chegou o Recycle BinGo 2!

 

Depois do sucesso da primeira versão do jogo mais amigo do planeta, eis que surge a versão 2.0, melhorada e com mais funcionalidades.

 

Nesta nova versão, vais poder aprender na Ecopédia, uma enciclopédia ecológica que te vai ensinar tudo sobre a reciclagem; conhecer a família Recycle BinGo, cheia de novos bichinhos que se vão tornar teus amigos, jogar mini-jogos para te entreteres e maravilhar-te com as novas funcionalidades da app em realidade aumentada.

 

O Recycle BinGo funciona como um jogo, o que torna a experiência de reciclagem muito mais divertida e compensadora! A missão principal é fazer visita ao nosso ecoponto habitual. Através da geolocalização o nosso smartphone sabe que nos encontramos perto dele.

 

Ao fazermos check-in desbloqueamos um conjunto de simpáticos bichinhos, os EcoGifts, com os quais vamos preenchendo os nossos cartões BinGo. Cada vez que completamos um cartão ganhamos EcoMoedas - que podemos trocar por prémios fantásticos, como bilhetes de cinema, vales de desconto, e muito mais.

 

               

O que é?

        

Recycle BinGo é uma aplicação móvel da EGF que teve a primeira versão financiada pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente, cujo objetivo é divertir e educar as famílias portuguesas em torno da temática da Reciclagem, oferecendo prémios a quem mais recicla.

 

O Recycle BinGo 2 está acessível em todas as áreas concessionadas do Grupo EGF e está disponível na AppStore e GooglePlay.

     
Não vais querer perder esta aventura.

 

Contamos contigo, salta para BinGo e ajuda-nos a espalhar o bichinho da reciclagem!

               

Sabe tudo sobre o este jogo super sustentável em Recycle BinGo e no Facebook.

 

 

 

 

 

Sensibilização Online 14 MAIO 2020

Já pode ter gratuitamente nas suas aulas ou atividades o programa de sensibilização ambiental Ecovalor! Adaptado aos novos tempos e para todas as idades.

 

 

Conheça uma iniciativa, totalmente online, para todos os níveis de ensino e instituições em: https://bit.ly/egf_ecovalor 

Monos: Agora Não 15 ABRIL 2020

A Valorminho apela a toda a população para que, em plena pandemia, evite a solicitação da recolha de monos: colchões, sofás, outros materiais que não cabem nos contentores.  


Em plena pandemia, a recolha destes materiais não é prioritária.


Estamos a fazer um esforço considerável para manter o serviço essencial.


Ajude-nos também nesta tarefa: aguarde pelo fim desta fase para se livrar dos seus monos.


Agradecemos, desde já, a forte colaboração dos nossos municípios e dos nossos munícipes. 

COVID-19 | Tampa Fechada 07 ABRIL 2020

Durante o combate à pandemia e a consciencialização da importância de garantir as condições de salubridade na via pública, são necessários alguns cuidados quando nos direcionamos ao conteúdo do lixo.

É necessário ter atenção que os resíduos depositados no conteúdo podem estar contaminados com o COVID-19. Ao deixar um conteúdo com uma tampa aberta, os resíduos existentes no interior serão atraídos pelos animais, espalhado pelo mau tempo e pelo vento, ou contaminado pela via pública.

 

Assim, apelamos para a população que coloca todos os resíduos no interior dos contentores, feche a tampa do mesmo e em seguida lave as mãos com água e sabão durante, no mínimo, 20 segundos.

 

A Valorminho garante o tratamento e tratamento dos resíduos usados, bem como o reforço da higienização dos ecopontos, enquanto o serviço essencial para garantir as condições de salubridade na via pública.

COVID-19 | Regras do Lixo 31 MARÇO 2020

Face à evolução da infeção por COVID-19 em Portugal, a Valorminho alerta para cinco regras do lixo essenciais a ter com o lixo doméstico que se faz em casa e que precisa de uma atenção especial em fase de pandemia.

 

Para evitar a contaminação de mais pessoas, é importante que se corrijam erros que têm vindo a ocorrer com alguma frequência no espaço público, nomeadamente a deposição de resíduos fora do contentor ou a colocação de máscaras e luvas nos ecopontos. É urgente corrigir estes comportamentos, para proteção dos trabalhadores e da comunidade, conforme definido nas Regras do Lixo.


Este alerta decorre da necessidade urgente de melhoria de comportamentos individuais que influenciam o serviço de recolha e tratamento de resíduos urbanos, assegurado todos os dias por empresas e municípios.

5 REGRAS DO LIXO

1.Máscaras, luvas e lenços não são recicláveis, devem ser SEMPRE colocados no lixo comum

Estes materiais estão a aparecer, em grandes quantidades, nos ecopontos, indo parar às linhas de triagem. Para além de não serem recicláveis, podem estar contaminados.

 

2.Lixo contaminado não é reciclável, deverá ser SEMPRE colocado no lixo comum

Esta regra aplica-se a todas as pessoas infetadas com COVID-19 ou que se encontrem em quarentena pela mesma suspeita. Qualquer pessoa nestas condições, deverá ter o seu lixo colocado em dois sacos, um dentro do outro, bem fechados. Estes sacos não devem estar cheios nem compactados – apenas têm de estar bem fechados e ser depositados dentro do contentor de lixo comum.

 

3.NUNCA deixar sacos de lixo no chão, colocar dentro do contentor

Se o contentor estiver cheio, deve ser utilizado quando estiver disponível ou utilizar-se o contentor mais próximo. Se a recolha habitual for feita com sacos, devem ser seguidas as instruções do município ou freguesia.

 

4.Não colocar monos/monstros para recolha em fase de pandemia

Em fase de pandemia este serviço não é prioritário, as empresas e os municípios estão a fazer um esforço considerável para manter o serviço público essencial à população. Mesmo que faça arrumações em casa, deve se aguardar pelo fim desta fase e apenas colocar estes materiais (colchões, sofás e outros materiais que não cabem nos contentores) quando o serviço estiver disponível.

 

 5.Ficar em casa e manter a higiene

Ficar em casa, manter a higienização dos caixotes/zonas do lixo, proteger sempre as mãos e lavá-las após estas operações durante, pelo menos, 20 segundos. Com estas atitudes consegue-se prevenir a infeção, protegendo inclusive os trabalhadores que asseguram o serviço de recolha e tratamento de resíduos todos os dias.

 

Os trabalhadores do setor da recolha e tratamento de resíduos continuam todos os dias a contribuir para a limpeza das nossas ruas, através da recolha seletiva, e a garantir o tratamento dos nossos resíduos. A melhor forma de lhes agradecer é partilhar e cumprir estas regras e ser compreensivo para com as adaptações à recolha que o seu município e a Valorminho poderão ter de fazer.

Higienização e Desinfeção de Ecopontos 23 MARÇO 2020

#Prevenção do COVID-19

Durante o combate à pandemia e conscientes da importância de garantir as condições de salubridade nos ecopontos colocados na via pública, a Valorminho reforçou a operação de higienização e desinfeção de todos os ecopontos da área geográfica.

A realização deste trabalho prosseguirá nas próximas semanas como medida de contenção da pandemia da Covid19.

Os trabalhadores da Valorminho continuam todos os dias a contribuir para a limpeza das nossas ruas, através da recolha seletiva, e a garantir o tratamento dos nossos resíduos. A melhor forma de lhes agradecer é partilhar e cumprir estas regras e ser compreensivo para com as adaptações à recolha que o seu município e a Valorminho poderão ter de fazer.

CUIDADOS | RESÍDUOS URBANOS 19 MARÇO 2020

Para a prevenção do COVID-19

NOVOS CUIDADOS NA DEPOSIÇÃO DOS RESÍDUOS

 

 

Durante o combate à pandemia, a Valorminho solicita à população que todos cumpram novas regras no manuseamento do lixo doméstico.

Os trabalhadores da Valorminho continuam todos os dias a contribuir para a limpeza das nossas ruas, através da recolha seletiva, e a garantir o tratamento dos nossos resíduos. A melhor forma de lhes agradecer é partilhar e cumprir estas regras e ser compreensivo para com as adaptações à recolha que o seu município e a Valorminho poderão ter de fazer.

Reciclagem sobe 13% 04 MARÇO 2020

A Valorminho, empresa concessionária da EGF na região do Alto Minho, responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos nos municípios de Melgaço, Monção, Valença, Vila Nova de Cerveira, Paredes de Coura e Caminha, aumentou a recolha seletiva em 13% face ao período homólogo de 2018.

 

Em 2019 foram recolhidos seletivamente 3928 toneladas de resíduos provenientes da área de intervenção da Valorminho: 1824 toneladas de vidro, 1430 toneladas de papel/cartão e 674 toneladas de plástico e metal.

 

Uma maior consciência ambiental da população, aliada ao investimento que a Valorminho fez na recolha seletiva multimaterial de resíduos de embalagens nestes últimos anos; nomeadamente em viaturas, ecopontos e contentores para a recolha seletiva e uma forte aposta nas campanhas de sensibilização para a correta separação de resíduos, permitiram o crescimento em todos os materiais: 15% no vidro, 8,7% no papel/cartão e 17,5% no plástico e metal.

 

Este investimento está integrado numa candidatura financiada pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR) e, concretiza, uma opção estratégica delineada no Plano de Ação do Plano Estratégico de Resíduos de Sólidos Urbanos em resposta aos desafios introduzidos pelo PERSU 2020 no que respeita ao incremento da reciclagem multimaterial, contribuindo desta forma para a melhoria do serviço prestado aos municípios da área de intervenção.

Reunião de Comunicação 2020 10 FEVEREIRO 2020

A reunião anual da área de Comunicação do grupo EGF realizou-se no passado dia 5 e 6 de Fevereiro na Resinorte, na unidade de Boticas, na região de Trás-os-Montes. Para além da avaliação do trabalho realizado, definiram-se estratégias para o futuro, com o objetivo de angariar cada vez mais pessoas para reduzir, reutilizar e reciclar os resíduos que produzem.

O encontro, que todos os anos se realiza em locais diferentes, contou ainda com a participação de todos os trabalhadores da unidade de Boticas, demonstrando que é possível concretizar iniciativas corporativas fora dos locais habituais, valorizando espaços e recursos existentes no Grupo.

A Nossa Casa é Um Planeta 30 JANEIRO 2020

A Valorminho, trouxe durante o mês de janeiro, novamente o projeto “A Nossa casa é um Planeta” às escolas da região. As ações de sensibilização são integradas no Programa ECOVALOR, no âmbito de uma candidatura conjunta ao POSEUR (Programa Operacional para a Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos) das 11 concessionárias de serviço público de gestão de resíduos, pertencente ao grupo Empresa Geral do Fomento, no qual se integra a Valorminho.

 

A iniciativa contempla a projeção em planetários itinerantes 360º de 3 filmes, especialmente concebidos com conteúdos para três públicos-alvo distintos (Jardim de Infância; 1º, 2º, 3º Ciclo e Secundário/Adulto), sobre as temáticas Redução, Reutilização, Recuperação e Reciclagem de materiais e energia. Estas ações contribuem para uma cidadania ativa no domínio do desenvolvimento sustentável e para a construção de uma sociedade de baixo carbono, racional e eficiente na utilização dos seus recursos.

Municípios mais Verdes 09 DEZEMBRO 2019

A Valorminho encontra-se a promover com os municípios da sua área de intervenção a ação Municípios mais verdes “o exemplo começa em casa”. Esta ação de sensibilização é dirigida a todos os colaboradores dos municípios para a promover comportamentos ambientalmente sustentáveis.
Na semana a Valorminho realizou ações de sensibilização/formação, a todos os colaboradores do município de Melgaço, promovendo a melhoria de comportamentos ambientais adequados, com esclarecimento de dúvidas, mitos e questões sobre gestão e valorização de resíduos urbanos que muitas vezes bloqueiam a adopção de boas práticas de redução, reutilização e reciclagem de resíduos, dando também a conhecer a atividade da EGF na gestão e valorização de resíduos urbanos em Portugal.

O Recycle BinGo chegou à Valorminho .

A Valorsul, a Amarsul e a Valorlis, com o apoio do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente. O Reciclar BINGO chega finalmente ao Alto-Minho.

O Lixeira é uma aplicação que promete deixar como residentes nos municípios de Melgaço, Monção, Valença, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveja e Caminha, com o bichinho da reciclagem. Apesar de ser um aplicativo, funciona principalmente como um jogo que torna a experiência de reciclagem muito mais divertida e compensadora. Como?


Simples.


A missão principal do jogo é fazer visitas ao nosso Ecoponto Habitual.

Através da localização geográfica ou do nosso Smartphone, sabemos que estamos perto dele. Ao fazer o check-in, desbloqueie um conjunto de bichinhos simpáticos, os EcoGifts, com os quais vamos preencher os nossos cartões BinGo. Cada vez que um cartão ganha ganha EcoMoedas - que podemos trocar por ótimos prêmios, como bilhetes de cinema, valores de desconto e muito mais.
Além desta missão principal, um aplicativo vai lançar missões especiais surpresa com o intuito de melhorar os conhecimentos de português sobre reciclagem, manter o envolvimento com o Lixeira, e, claro, recompensar os amigos mais importantes do planeta.

O Lixeira já está disponível na App Store e no Google Play.

Estamos certos de que esta associação do Valor à Lixeira, no entanto, ajuda a todos a cumprir as metas importantes de reciclagem com que Portugal separe um curto prazo. Para que isso aconteça, é preciso que esta notícia se espalhe.

 

Contamos consigo!

Ajude-nos a espalhar o bichinho da reciclagem.

 

Para mais informações: geral@valorminho.pt | 251839700 | www.recyclebingo.pt/tutorial

 

Valorminho Recolhe 4,5 toneladas .

Os dias 22, 23 e 24 de agosto ficaram marcados pelo Festival EDP Vilar de Mouros 2019, um Ecoevento da Valorminho que fica assinalado pelas boas práticas ambientais.

A sustentabilidade teve um peso fundamental em toda a organização do evento, sendo exemplar no que respeita à gestão de resíduos produzidos no recinto - desde a sua prevenção, reutilização e reciclagem à sensibilização ambiental de todos os participantes e envolvidos.

A Valorminho, desenvolveu uma campanha de sensibilização ambiental durante o decorrer do festival, onde estiveram presentes monitores de sensibilização ambiental que abordaram todos os festivaleiros no sentido de promover a melhoria da separação de resíduos durante o evento, bem como fomentar a implementação destas práticas no dia-a-dia de cada um dos cidadãos.

Fruto destas ações de sensibilização foi possível recolher 4,5 toneladas de resíduos valorizáveis nos 3 dias do Ecoevento. Foram 3180 kg de vidro 1200 kg de papel /cartão e 120 kg de embalagens de plástico e metal.

 

Estas campanhas de sensibilização ambiental têm o apoio do Fundo de Coesão da União Europeia através do PO SEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

20 Toneladas de Recicláveis 30 agosto

Foi entre 14 e 17 de agosto que ficou marcada a 27ª edição do Festival de Paredes de Coura. “Couraíso” fez história, a melhor edição de sempre, também na reciclagem.


Este é um ECOEVENTO com historial, onde a sustentabilidade tem um peso fundamental em toda a organização do evento, sendo exemplar no que respeita à gestão de resíduos produzidos no recinto - desde a sua prevenção, reutilização e reciclagem à sensibilização ambiental de todos os participantes e envolvidos.


A 27ª edição do Festival Vodafone Paredes de Coura, fica marcada pela recolha histórica da Valorminho - 20 toneladas de resíduos recicláveis!
Foram 14.160 kg de vidro, 2.040 Kg de papel/cartão e 3.840 Kg de embalagens de plástico e metal, que serão transformados em euros que reverterão para uma Instituição Particular de Solidariedade Social (I.P.S.S.) do Município de Paredes de Coura.

 

Dia Mundial Do Ambiente .

A sustentabilidade ambiental deve ser encarada por todos com um objetivo prioritário, promovendo assim o equilíbrio da presença humana com a natureza. Neste sentido a Valorminho assinalou o Dia Mundial do Ambiente, 5 de junho, com o público mais jovem para promover comportamentos ambientalmente sustentáveis.

 

Festa do Alvarinho e do Fumeiro .

 A FAFM promoveu o envio 10,5 toneladas

de resíduos para reciclagem!

 

Foi no fim de semana passado foi realizada a XXV edição, da Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço (FAFM) é uma festa já com tradição, tornando-se num evento reconhecido a nível nacional e até mesmo internacional.

Ao lado da tradição é colocada também a Sustentabilidade, pois este é um Ecoevento, com forte cariz e histórico ambiental, sendo um modelo de referência no que concerne à separação e gestão de resíduos.

Produtores de alvarinho e de fumeiro da sub-região Monção Melgaço marcaram presença e também a diferença, pois esta edição da FAFM promoveu o envio 10,5 toneladas de resíduos para reciclagem!

A Valorminho disponibilizou estruturas de 30 m3 para o acondicionamento do vidro, do papel/cartão e de embalagens de plástico e metal, reforçou os contentores da envolvente do recinto, distribui vidrões de 240 l para os stands produtores de alvarinho, disponibilizou estruturas para a deposição seletiva e oleões para os restaurantes instalados no recinto. Nos dias da festa foram distribuídos ecopontos domésticos à população.

Todos os stands foram sensibilizados pela Valorminho e pelo Município de Melgaço, com a distribuição de Ecobags para a separação de resíduos.

Este ano a Valorminho contou com a parceria da Sociedade Ponto Verde, marcando presença com mochileiros que, circularam por todo o evento incentivando a separação de embalagens, e facilitando o acesso à separação das mesmas.

 Obrigado pelo seu contributo!

Obrigado pelo seu contributo! .

Graças ao seu contributo, registou-se um crescimento nos quantitativos de materiais recicláveis.

2018 foi um ano foi um ano de Redução, Reutilização e Reciclagem!
Recolheram-se 3450 ton de recicláveis, que se traduzem num crescimento de:

A NOSSA CASA É UM PLANETA .

A Valorminho em parceria com os Municípios da área de intervenção promoveu nos dia 6 e 7 de dezembro, uma campanha de sensibilização ambiental “A Nossa Casa é um Planeta”. Trata-se de um programa tradicional dirigido às crianças do pré-escolar e alunos do 1.º, 2.º e 3.º ciclos.

As temáticas de Redução, Reutilização e Reciclagem são desta forma abordadas de forma inovadora, utilizando recursos planetários itinerantes e 3 filmes ilustrativos em 360º, o que possibilitou uma dinâmica interativa com os alunos e participantes. Esta ação foi desenvolvida para uma cidadania ativa no desenvolvimento sustentável, na construção de uma sociedade de baixo carbono, racional e eficiente na utilização de seus recursos.

Os filmes contam com a história de 2 irmãos, a Guida e o Rui, em versões adaptadas a várias gerações, o que consolam o filme que vão ver, desenvolvem uma ação que visa alertar e a explicar o porquê de reduzir, reutilizar e reciclar os resíduos que todos nós fazemos nas nossas casas.

 

Esta iniciativa foi desenvolvida nos dias 6, 7 nos municípios de Caminha, Monção, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira e Valença, na qual participaram cerca de 1800 crianças.

Comércio a Reciclar .

A Valorminho inicia já em setembro uma campanha de sensibilização ambiental, denominada “Comércio a Reciclar”. Trata-se de uma campanha de sensibilização ambiental dirigida ao pequeno comércio e serviços que prevê visitar cerca de 700 locais, sensibilizando-os para uma correta separação dos resíduos valorizáveis. Estas ações visam educar, sensibilizar e promover, junto do comércio e dos serviços, uma maior informação sobre as vantagens de adotar comportamentos ambientalmente corretos no âmbito da valorização de resíduos. 

O projeto tem o apoio do Fundo de Coesão da União através do SEUR - Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

 

 

RECICLAR VALE MAIS .

A EGF irá disponibilizar uma rede nacional de “ecopontos especiais” com mais benefícios para os portugueses que separam as suas unidades. A campanha Reciclar Vale Mais vai decore de norte a sul do país, em 15 lojas do Pingo Doce. Ao entregar as embalagens sem Ecoponto, em sacos de 30 ou de 50 litros, o EGF oferece 0,10 € ou 0,15 € em cartão Poupa Mais, para utilização imediata.

Esta iniciativa pioneira em Portugal decorre no âmbito do programa nacional de inovação social da EGF, em que sete das suas concessionárias estão em desenvolvimento com a aplicação do co-financiamento do POSEUR - Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A campanha Reciclar Vale Mais ações sensibilizar a população para o lixo e, em simultâneo, alertar para o benefício imediato de colocar as barracas no ecoponto, demonstrando que a reciclagem tem valor ao serviço do cidadão como parte integrante do poder de suas compras em lojas Pingo Doce. Desta forma, também é possível garantir que as metas nacionais sejam alcançadas e que as embalagens sejam entregues nas empresas.

A chegada de uma série de 15 lojas do Pingo ao longo de todo o país, que está a ser cedida em conjunto nos locais de estacionamento dos seus estabelecimentos. Cartão de Poupança Mais que troca de cartões é um número de pontos. A campanha está disponível nas lojas de Arcos de Valdevez, Viana do Castelo (Portuzelo), Quinta do Conde, Barreiro e Alcochete, Porto de Mós, Batalha, Águeda, Aveiro, Vila Nova de Gaia (Coimbrões), Santa Maria da Feira, Fafe , Vizela, Monção (Gandra) e Vila Nova de Cerveira (Lugar de Faias).

Queres ganhar bilhetes? .

Tão fácil ir ao Festival...Junta 250 latas e ficas habilitado a um passe geral.

Para mais informação contacta a Valorminho.

 

CENTRO DE COMUNICAÇÃO DOS OCEANOS 03 de julho de 2018

Um FEG e 11 Concessões apoiam e participam nas palestras de intervenção do Centro de Comunicação dos Oceanos, que inicia no dia 4 de julho, pelas 16h00, na Academia de Ciências de Lisboa. A primeira sessão, moderada por Nysse Arruda (jornalista e curadora), conta com participação da bióloga Jessica Link (Universidade de Santa Catarina, Brasil), do Chef Luis Baena, de Ana Loureiro (Diretora de Comunicação do EGF) e de um vídeo -entrevista exclusiva com Garret McNamara (Surfista de Ondas Gigantes).

As empresas ALGAR, AMARSUL, ERSUC, RESIESTRELA, RESINORTE, RESULIMA, SULDOURO, VALNOR, VALORLIS, VALORSUL e VALORMINHO, Concessionárias do EGF, estão apostadas em novas formas de visibilidade no trabalho essencial que todos os dias de uso e valorizam. resíduos que todos os cidadãos produzem, dando visibilidade às consequências dos maus-tratos, mas também às soluções que existem para evitar. 

 A poluição dos oceanos é uma conseqüência da atividade humana que é urgente, e a solução passa por ter, em terra e sem mar, usando e usando o sistema de tratamento e valorização de resíduos que são eficazes e sustentáveis.

SESSÕES PRESENCIAIS E LIVE STREAM

As sessões têm início no dia 4 de julho, às 16h, na Academia de Ciências de Lisboa, às quais você pode assistir presencialmente e de forma gratuita, mas também no LiveStream em www.ccoceanos.pt

 A primeira sessão conta com o seguinte programa:

 Mergulhando na Problemática da Pesca Fantasma

Jéssica Link: biológica, instrutora de mergulho e pesquisadora na área de conservação marinha - Universidade Federal de Santa Catarina.

 A diversidade do pescado em Portugal e suas possibilidades gastronómicas

Chef Luis Baena: Um dos poucos chefs portugueses que trabalhou com Paul Bocuse e depois de 32 anos de carreira em quatro continentes (inclusive no Brasil). Pioneiro no seu empenho em projetos inovadores e promoção de produtos tradicionais dos Açores.

Valorizar os resíduos em terra para proteger o Mar

Ana Loureiro: Diretora de Comunicação do EGF, Global Environment Facilities (empresa de referência no setor ambiental no nível europeu e líder em Portugal na valorização de resíduos urbanos).

 Os muitos perfis das ondas gigantes

Garrett McNamara: Surfista de ondas gigantes, gravador mundial na praia da Nazaré.

 

As próximas sessões estão agendadas para os dias 4, 11, 18 e 25 de julho - o programa das sessões será apresentado no site www.ccoceanos.pt

Centro de Comunicação dos Oceanos

O Centro de Comunicação dos Oceanos é um projeto de Nysse Arruda, jornalista e curadora, especialista em temas náuticos há mais de 20 anos em Portugal, autora de várias publicações e premiada em 2016 pelo Prémio Femina. Iniciou este projeto para promover o debate das questões essenciais associadas ao Mar, e obteve o apoio institucional de diversas instituições, com destaque para a Presidência da República, o Ministério do Mar, Ministério do Ambiente, Câmara Municipal de Lisboa, Instituto Hidrográfico, Academia das Ciências de Lisboa, IPMA e da Unesco-Portugal.

Este projeto conta ainda como padrinhos os velejadores olímpicos João Rodrigues e Joana Pratas, mas também com o velejador brasileiro Torben Grael, o surfista Garret McNamara e a ONG Americana Marine MegaFauna Mozambique.

 Para mais informações: Ana Loureiro | 968601711 | ana.loureiro@egf.pt

 Sobre um FEG

A EGF, Environmental Global Facilities, é uma empresa europeia de referência no setor ambiental e líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal. Reforçado pela sua integração no Grupo MOTA-ENGIL, um EGF é a maior prioridade em 11 Concessões de tratamento de resíduos: Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valnor, Valorlis, Valorminho e Valorsul.

ECOEVENTO INOVADOR .

A Valorminho, esteve presente na Festa do Alvarinho e do Fumeiro, que se realizou em Melgaço entre 27 a 29 de abril.

 

Na edição deste ano, a Festa acolheu a ação de educação ambiental ‘A NOSSA CASA É UM PLANETA’, aberta à participação de adultos e crianças, e que decorreu em diferentes horários durante os três dias do certame. O projeto é resultado de um trabalho conjunto das empresas ALGAR, ERSUC, RESIESTRELA, RESINORTE, RESULIMA, SULDOURO, VALNOR e VALORMINHO, e contou com o apoio do Fundo Ambiental e da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.

 

Esta ação contou com 700 visitantes que tiveram a oportunidade de assistir aos filmes projetados a 360º, que abordam temáticas de Redução, Reutilização e Reciclagem de forma inovadora no planetário itinerante.

 

 

Sendo este um Ecoevento Nacional de referência, não poderia deixar de gerar resíduos. No fim de semana em questão foram produzidos cerca de 6,5 toneladas de vidro, 1,5 toneladas de mistura de embalagens, 1 tonelada de cartão e 0,1 toneladas de OAU.

 

RECICLAR É AGORA 20 abril

Este é o nome do novo filme que explica aos cidadãos a importância de reciclar, que apresenta a realidade de forma simples e que diz quanto custa tratar os resíduos urbanos em Portugal.

O projeto resulta de uma parceria entre a EGF – Environmental Global Facilities, a ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos e a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, que apresentaram o filme no 12.º Fórum Nacional de Resíduos, no dia 19 de abril, no Hotel Sana Lisboa.

 A inspiração para o filme foi dada um ano antes, quando o Município de Campo Maior apresentou a mesma ideia, mas aplicada ao seu município e apresentada em filme de uma forma que a comunidade acolheu com muita satisfação.

SELO DE QUALIDADE DE SERVIÇO .

VALORMINHO RECEBE SELO DE QUALIDADE DE SERVIÇO DE GESTÃO DE RESÍDUOS URBANOS” NO 12º FORUM DE RESÍDUOS
Doze selos de qualidade de serviço foram entregues a entidades gestoras, que prestam serviços de gestão de resíduos urbanos, numa cerimónia solene no 12º Fórum Nacional de Resíduos.
Esta distinção, na vertente resíduos, insere-se na iniciativa da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) "Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos - ERSAR 2017", organizada em parceria Doze selos de qualidade de serviço foram entregues a entidades gestoras, que prestam serviços de gestão de resíduos urbanos, numa cerimónia solene no 12º Fórum Nacional de Resíduos.
Esta distinção, na vertente resíduos, insere-se na iniciativa da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) "Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos - ERSAR 2017", organizada em parceria com o Jornal Água & Ambiente.

Nova Infraestrutura brevemente 20 ABRIL 2018

No âmbito do PERSU 2020, a Valorminho assinou contrato com a G. HOFLE, lda  e JMR2, obras Públicas e Engenharia, lda, para a construção de uma Unidade de Preparação de Resíduos Urbanos, para dar cumprimento às metas de Redução da Deposição de Resíduos Urbanos Biodegradáveis (RUB) em aterro. Esta obra é financiada pelo Programa Portugal 2020.

A Nossa Casa é um Planeta .

A EGF - Environmental Global Facilities, em colaboração com o Projeto_80 e com a Fundação Manuel António da Mota, promoveram no dia 08 de março o lançamento da ação de educação ambiental "A NOSSA CASA É UM PLANETA", na Escola Secundária de Amarante.

 

O projeto é resultado de um trabalho conjunto das empresas ALGAR, ERSUC, RESIESTRELA, RESINORTE, RESULIMA, SULDOURO, VALNOR e VALORMINHO, e contou com o apoio do Fundo Ambiental e da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.

 

As primeiras sessões deste projeto aconteceram em Amarante, nos dias 8 e 9 de março com mais de 500 estudantes da Escola Básica do Marão, Colégio de S. Gonçalo e Escola Secundária de Amarante. Nas sessões iniciais esteve presente o Secretário de Estado da Educação, João Costa, e a Adjunta do Secretário de Estado do Ambiente, Cátia Rosas, para além de representantes de várias entidades públicas e associações.

 

As temáticas de Redução, Reutilização e Reciclagem são desta forma abordadas de forma inovadora, utilizando como recursos planetários itinerantes e 3 filmes projetados em 360º, o que possibilita uma dinâmica interativa com os alunos e participantes. Esta ação contribui para uma cidadania ativa no domínio do desenvolvimento sustentável, na construção de uma sociedade de baixo carbono, racional e eficiente na utilização dos seus recursos.

 

Os filmes contam a história de 2 irmãos, a Guida e o Rui, em versões adaptadas a várias idades, e que, consoante o filme que vão ver, desenvolvem uma ação que vai alertar e explicar o porquê de reduzir, reutilizar e reciclar os resíduos que todos nós fazemos nas nossas casas.

 

Este projeto iniciará em breve um ciclo de apresentações em vários eventos, iniciativas e escolas dos vários ciclos de ensino. A agenda desta iniciativa será disponibilizada em breve, e poderá ser consultada no website da EGF, da Valorminho e das restantes empresas que participaram no projeto.

TRAGA CONSIGO A RECICLAGEM .

Adquira já o seu ecoponto doméstico, para isso basta juntar 20 latas e entregá-las nas instalações da Valorminho.
(limitado ao stock existente)

VISITA Sr. Engº António da Mota 20 FEVEREIRO 2018

No último dia 30 de janeiro, a Valorminho recebeu a ilustre visita do Sr. Engº António da Mota.

 

Durante a visita o Sr. Engenheiro caminhou pelas instalações a acompanhou de perto as operações de um dia de trabalho em nossa concessionária.

EMPRESA SAUDÁVEL, VIDA SAUDÁVEL 16 FEVEREIRO 2018

" VIDA SAUDÁVEL, EMPRESA SAUDÁVEL ", projeto que pretende aplicar um conjunto de medidas que melhorem a qualidade de vida dos colaboradores, alcançando benefícios, que trarão mercê à saúde e ao bem-estar dos colaboradores, aumentando a sua produtividade através de um maior envolvimento, adquirindo uma fonte de prazer no local de trabalho.

 

Para 2018 existe um Plano de Ação , que promove meses temáticos, com ações de formação e atividades nas mais diversas áreas.

Entra Connosco nesta Big Separação 16 JUL 2017

A 1ª Edição do concurso escolar Entra Connosco na Big Separação, promovido pelo Sistema Multimunicipal Valorminho, Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos SA, chegou ao fim e já tem vencedor, o Jardim da Infância de S. Pedro da Torre, Valença.
ecorrerO concurso contou com a participação de cinco estabelecimentos escolares, o Jardim de S. Pedro da Torre, o Centro escolar de Valença, o Centro escolar de Campos, o Centro Escolar de Vila Nova de Cerveira eo Centro Escolar de Covas, abrangendo cerca de 750 alunos. Todos estes alunos e respetivos professores, educadores e auxiliares de educação, participam nas ações de sensibilização prévias ao concurso. No decorrer do mesmo, não só uma comunidade escolar para envolvida, pois também foi feito um pedido de uma palavra aos alunos.

Os "Agentes de Reciclagem" assim como os alunos, levaram como missão uma angariação de embalagens de plástico e metal, que são sendo acondicionados nas escolas em big-bags, durante o período de concurso, para além de Valorminho realizar uma recolha de recolha e pesagem dos mesmos.

O jardim de S. Pedro da Torre, apresentou nesta 1ª Edição o melhor resultado não Classificação de Resíduos separados, registando 11,63 kg / aluno, tendo recebido o CERTIFICADO DE BIG ESCOLA, um livro como prémio de participação e prémio didático no valor do total separado.

Todas como escolas que participaram no concurso receberam um certificado de participação e um livro alusivo ao Ambiente "Trabalhos Manuais Amigos do Ambiente".

Este concurso contou com uma recolha de 2,5 toneladas de embalagens contribuindo para que a escola, vise em melhorar ainda mais seu desempenho ambiental, assim como sensibilizar e mobilizar uma comunidade envolvente.

A Valorminho pretende continuar a promover este género de iniciativas, pelo que se prevê a realização da 2ª Edição do concurso no ano letivo 2017/2018, abrangendo escolas e continuando a apostar na propagação da mensagem de boas práticas ambientais referente ao presente documento, Trarão inúmeros benefícios não é um bem de qualidade de vida, não só do espaço escolar, mas de toda comunidade e participação para formação pessoal destes futuros cidadãos.

O AMBIENTE AGRADECE 01.03.2022

A campanha “O ambiente agradece” é co-financiada pela Sociedade Ponto Verde e está a decorrer entre no mês de março.

 

Esta campanha consiste em sensibilizar a população, para a importância da separação de resíduos. Esta é uma ação de sensibilização de proximidade, junto do cidadão, onde é possivel esclarecer dúvidas e inclui a oferta de um ecoponto doméstico.