RECICLAR VALE MAIS

A EGF irá disponibilizar uma rede nacional de “ecopontos especiais” com mais benefícios para os portugueses que separam as suas unidades. A campanha Reciclar Vale Mais vai decore de norte a sul do país, em 15 lojas do Pingo Doce. Ao entregar as embalagens sem Ecoponto, em sacos de 30 ou de 50 litros, o EGF oferece 0,10 € ou 0,15 € em cartão Poupa Mais, para utilização imediata.

Esta iniciativa pioneira em Portugal decorre no âmbito do programa nacional de inovação social da EGF, em que sete das suas concessionárias estão em desenvolvimento com a aplicação do co-financiamento do POSEUR - Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A campanha Reciclar Vale Mais ações sensibilizar a população para o lixo e, em simultâneo, alertar para o benefício imediato de colocar as barracas no ecoponto, demonstrando que a reciclagem tem valor ao serviço do cidadão como parte integrante do poder de suas compras em lojas Pingo Doce. Desta forma, também é possível garantir que as metas nacionais sejam alcançadas e que as embalagens sejam entregues nas empresas.

A chegada de uma série de 15 lojas do Pingo ao longo de todo o país, que está a ser cedida em conjunto nos locais de estacionamento dos seus estabelecimentos. Cartão de Poupança Mais que troca de cartões é um número de pontos. A campanha está disponível nas lojas de Arcos de Valdevez, Viana do Castelo (Portuzelo), Quinta do Conde, Barreiro e Alcochete, Porto de Mós, Batalha, Águeda, Aveiro, Vila Nova de Gaia (Coimbrões), Santa Maria da Feira, Fafe , Vizela, Monção (Gandra) e Vila Nova de Cerveira (Lugar de Faias).

RECICLAR VALE MAIS

A EGF irá disponibilizar uma rede nacional de “ecopontos especiais” com mais benefícios para os portugueses que separam as suas unidades. A campanha Reciclar Vale Mais vai decore de norte a sul do país, em 15 lojas do Pingo Doce. Ao entregar as embalagens sem Ecoponto, em sacos de 30 ou de 50 litros, o EGF oferece 0,10 € ou 0,15 € em cartão Poupa Mais, para utilização imediata.

Esta iniciativa pioneira em Portugal decorre no âmbito do programa nacional de inovação social da EGF, em que sete das suas concessionárias estão em desenvolvimento com a aplicação do co-financiamento do POSEUR - Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

A campanha Reciclar Vale Mais ações sensibilizar a população para o lixo e, em simultâneo, alertar para o benefício imediato de colocar as barracas no ecoponto, demonstrando que a reciclagem tem valor ao serviço do cidadão como parte integrante do poder de suas compras em lojas Pingo Doce. Desta forma, também é possível garantir que as metas nacionais sejam alcançadas e que as embalagens sejam entregues nas empresas.

A chegada de uma série de 15 lojas do Pingo ao longo de todo o país, que está a ser cedida em conjunto nos locais de estacionamento dos seus estabelecimentos. Cartão de Poupança Mais que troca de cartões é um número de pontos. A campanha está disponível nas lojas de Arcos de Valdevez, Viana do Castelo (Portuzelo), Quinta do Conde, Barreiro e Alcochete, Porto de Mós, Batalha, Águeda, Aveiro, Vila Nova de Gaia (Coimbrões), Santa Maria da Feira, Fafe , Vizela, Monção (Gandra) e Vila Nova de Cerveira (Lugar de Faias).

Queres ganhar bilhetes para o Vodafone Paredes de Coura?

Tão fácil ir ao Festival...Junta 250 latas e ficas habilitado a um passe geral.

Para mais informação contacta a Valorminho.

 

CENTRO DE COMUNICAÇÃO DOS OCEANOS 03 de julho de 2018

A EGF e as 11 Concessionárias apoiam e participam nas palestras de intervenção do Centro de Comunicação dos Oceanos, que inicia no dia 4 de julho, pelas 16h00, na Academia de Ciências de Lisboa. A primeira sessão, moderada por Nysse Arruda (jornalista e curadora) conta com a participação da bióloga Jessica Link (Universidade de Sta. Catarina, Brasil), do Chef Luis Baena, de Ana Loureiro (Diretora de Comunicação da EGF) e de uma vídeo-entrevista exclusiva com Garret McNamara (Surfista de Ondas Gigantes).

As empresas ALGAR, AMARSUL, ERSUC, RESIESTRELA, RESINORTE, RESULIMA, SULDOURO, VALNOR, VALORLIS, VALORSUL e VALORMINHO, Concessionárias da EGF, estão a apostar em novas formas de dar visibilidade ao trabalho essencial que fazem todos os dias de tratar e valorizar os resíduos que todos os cidadãos produzem, dando visibilidade às consequências dos maus comportamentos, mas também às soluções que existem para os evitar. 

 A poluição dos oceanos é uma consequência da atividade humana que é urgente contrariar, e a solução passa por ter, em terra e no mar, comportamentos adequados e um sistema de tratamento e valorização de resíduos que seja eficaz e sustentável.

SESSÕES PRESENCIAIS E LIVE STREAM

As sessões têm início a 4 de julho, pelas 16h, na Academia de Ciências de Lisboa, às quais se pode assistir presencialmente e de forma gratuita, mas também em LiveStream em www.ccoceanos.pt

 A primeira sessão conta com o seguinte programa:

 Mergulhando na Problemática da Pesca Fantasma

Jéssica Link: biológa, instrutora de mergulho e pesquisadora na área de conservação marinha - Universidade Federal de Santa Catarina.

 A diversidade do pescado em Portugal e suas possibilidades gastronómicas

Chef Luis Baena: Um dos poucos chef´s portugueses a ter trabalhado com Paul Bocuse e a somar 32 anos de carreira em quatro continentes (inclusive no Brasil). Pioneiro no seu empenho em projetos inovadores e promoção dos produtos tradicionais dos Açores.

Valorizar os Resíduos em terra para proteger o Mar

Ana Loureiro:  Diretora de Comunicação da EGF, Global Environment Facilities (empresa de referência no setor ambiental a nível europeu e líder em Portugal na valorização dos resíduos urbanos.

 Os muitos perfis das ondas gigantes

Garrett McNamara: Surfista de ondas gigantes, recordista mundial na praia da Nazaré.

 

As próximas sessões estão agendadas para os dias 4, 11, 18 e 25 de julho – o programa das sessões será apresentado no website www.ccoceanos.pt

Centro de Comunicação dos Oceanos

O Centro de Comunicação dos Oceanos é um projeto de Nysse Arruda, jornalista e curadora, especialista em temas náuticos há mais de 20 anos em Portugal, autora de várias publicações e premiada em 2016 pelo Prémio Femina. Iniciou este projeto para promover o debate das questões essenciais associadas ao Mar, e obteve o apoio institucional de diversas instituições, com destaque para a Presidência da República, o Ministério do Mar, Ministério do Ambiente, Câmara Municipal de Lisboa, Instituto Hidrográfico, Academia das Ciências de Lisboa, IPMA e da Unesco-Portugal.

Este projeto conta ainda como padrinhos os velejadores olímpicos João Rodrigues e Joana Pratas, mas também com o velejador brasileiro Torben Grael, o surfista Garret McNamara e a ONG Americana Marine MegaFauna Mozambique.

 Para mais informações: Ana Loureiro | 968601711 | ana.loureiro@egf.pt

 Sobre a EGF

A EGF, Environmental Global Facilities, é uma empresa europeia de referência no setor ambiental e líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal. Reforçada pela sua integração no Grupo MOTA-ENGIL e URBASER, a EGF é sócia maioritária em 11 Concessionárias de tratamento de resíduos: Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valnor, Valorlis, Valorminho e Valorsul.

ECOEVENTO INOVADOR

A Valorminho, esteve presente na Festa do Alvarinho e do Fumeiro, que se realizou em Melgaço entre 27 a 29 de abril.

 

Na edição deste ano, a Festa acolheu a ação de educação ambiental ‘A NOSSA CASA É UM PLANETA’, aberta à participação de adultos e crianças, e que decorreu em diferentes horários durante os três dias do certame. O projeto é resultado de um trabalho conjunto das empresas ALGAR, ERSUC, RESIESTRELA, RESINORTE, RESULIMA, SULDOURO, VALNOR e VALORMINHO, e contou com o apoio do Fundo Ambiental e da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.

 

Esta ação contou com 700 visitantes que tiveram a oportunidade de assistir aos filmes projetados a 360º, que abordam temáticas de Redução, Reutilização e Reciclagem de forma inovadora no planetário itinerante.

 

 

Sendo este um Ecoevento Nacional de referência, não poderia deixar de gerar resíduos. No fim de semana em questão foram produzidos cerca de 6,5 toneladas de vidro, 1,5 toneladas de mistura de embalagens, 1 tonelada de cartão e 0,1 toneladas de OAU.

 

RECICLAR É AGORA 20 abril

Este é o nome do novo filme que explica aos cidadãos a importância de reciclar, que apresenta a realidade de forma simples e que diz quanto custa tratar os resíduos urbanos em Portugal.

O projeto resulta de uma parceria entre a EGF – Environmental Global Facilities, a ESGRA – Associação para a Gestão de Resíduos e a ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos, que apresentaram o filme no 12.º Fórum Nacional de Resíduos, no dia 19 de abril, no Hotel Sana Lisboa.

 A inspiração para o filme foi dada um ano antes, quando o Município de Campo Maior apresentou a mesma ideia, mas aplicada ao seu município e apresentada em filme de uma forma que a comunidade acolheu com muita satisfação.

SELO DE QUALIDADE DE SERVIÇO DE GESTÃO DE RESÍDUOS URBANOS

VALORMINHO RECEBE SELO DE QUALIDADE DE SERVIÇO DE GESTÃO DE RESÍDUOS URBANOS” NO 12º FORUM DE RESÍDUOS
Doze selos de qualidade de serviço foram entregues a entidades gestoras, que prestam serviços de gestão de resíduos urbanos, numa cerimónia solene no 12º Fórum Nacional de Resíduos.
Esta distinção, na vertente resíduos, insere-se na iniciativa da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) "Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos - ERSAR 2017", organizada em parceria Doze selos de qualidade de serviço foram entregues a entidades gestoras, que prestam serviços de gestão de resíduos urbanos, numa cerimónia solene no 12º Fórum Nacional de Resíduos.
Esta distinção, na vertente resíduos, insere-se na iniciativa da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) "Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos - ERSAR 2017", organizada em parceria com o Jornal Água & Ambiente.

A Valorminho terá uma Nova Infraestrutura brevemente

No âmbito do PERSU 2020, a Valorminho assinou contrato com a G. HOFLE, lda  e JMR2, obras Públicas e Engenharia, lda, para a construção de uma Unidade de Preparação de Resíduos Urbanos, para dar cumprimento às metas de Redução da Deposição de Resíduos Urbanos Biodegradáveis (RUB) em aterro.

A Nossa Casa é um Planeta

A EGF - Environmental Global Facilities, em colaboração com o Projeto_80 e com a Fundação Manuel António da Mota, promoveram no dia 08 de março o lançamento da ação de educação ambiental "A NOSSA CASA É UM PLANETA", na Escola Secundária de Amarante.

 

O projeto é resultado de um trabalho conjunto das empresas ALGAR, ERSUC, RESIESTRELA, RESINORTE, RESULIMA, SULDOURO, VALNOR e VALORMINHO, e contou com o apoio do Fundo Ambiental e da Estratégia Nacional de Educação Ambiental 2020.

 

As primeiras sessões deste projeto aconteceram em Amarante, nos dias 8 e 9 de março com mais de 500 estudantes da Escola Básica do Marão, Colégio de S. Gonçalo e Escola Secundária de Amarante. Nas sessões iniciais esteve presente o Secretário de Estado da Educação, João Costa, e a Adjunta do Secretário de Estado do Ambiente, Cátia Rosas, para além de representantes de várias entidades públicas e associações.

 

As temáticas de Redução, Reutilização e Reciclagem são desta forma abordadas de forma inovadora, utilizando como recursos planetários itinerantes e 3 filmes projetados em 360º, o que possibilita uma dinâmica interativa com os alunos e participantes. Esta ação contribui para uma cidadania ativa no domínio do desenvolvimento sustentável, na construção de uma sociedade de baixo carbono, racional e eficiente na utilização dos seus recursos.

 

Os filmes contam a história de 2 irmãos, a Guida e o Rui, em versões adaptadas a várias idades, e que, consoante o filme que vão ver, desenvolvem uma ação que vai alertar e explicar o porquê de reduzir, reutilizar e reciclar os resíduos que todos nós fazemos nas nossas casas.

 

Este projeto iniciará em breve um ciclo de apresentações em vários eventos, iniciativas e escolas dos vários ciclos de ensino. A agenda desta iniciativa será disponibilizada em breve, e poderá ser consultada no website da EGF, da Valorminho e das restantes empresas que participaram no projeto.

TRAGA CONSIGO A RECICLAGEM

Adquira já o seu ecoponto doméstico, para isso basta juntar 20 latas e entregá-las nas instalações da Valorminho.
(limitado ao stock existente)

EMPRESA SAUDÁVEL, VIDA SAUDÁVEL 16 FEVEREIRO 2018

" VIDA SAUDÁVEL, EMPRESA SAUDÁVEL ", projeto que pretende aplicar um conjunto de medidas que melhorem a qualidade de vida dos colaboradores, alcançando benefícios, que trarão mercê à saúde e ao bem-estar dos colaboradores, aumentando a sua produtividade através de um maior envolvimento, adquirindo uma fonte de prazer no local de trabalho.

 

Para 2018 existe um Plano de Ação , que promove meses temáticos, com ações de formação e atividades nas mais diversas áreas.

Entra Connosco nesta Big Separação 16 JUL 2017

A 1ª Edição do concurso escolar Entra Connosco na Big Separação, promovido pelo Sistema Multimunicipal Valorminho, Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos SA, chegou ao fim e já tem vencedor, o Jardim da Infância de S. Pedro da Torre, Valença.
ecorrerO concurso contou com a participação de cinco estabelecimentos escolares, o Jardim de S. Pedro da Torre, o Centro escolar de Valença, o Centro escolar de Campos, o Centro Escolar de Vila Nova de Cerveira eo Centro Escolar de Covas, abrangendo cerca de 750 alunos. Todos estes alunos e respetivos professores, educadores e auxiliares de educação, participam nas ações de sensibilização prévias ao concurso. No decorrer do mesmo, não só uma comunidade escolar para envolvida, pois também foi feito um pedido de uma palavra aos alunos.

Os "Agentes de Reciclagem" assim como os alunos, levaram como missão uma angariação de embalagens de plástico e metal, que são sendo acondicionados nas escolas em big-bags, durante o período de concurso, para além de Valorminho realizar uma recolha de recolha e pesagem dos mesmos.

O jardim de S. Pedro da Torre, apresentou nesta 1ª Edição o melhor resultado não Classificação de Resíduos separados, registando 11,63 kg / aluno, tendo recebido o CERTIFICADO DE BIG ESCOLA, um livro como prémio de participação e prémio didático no valor do total separado.

Todas como escolas que participaram no concurso receberam um certificado de participação e um livro alusivo ao Ambiente "Trabalhos Manuais Amigos do Ambiente".

Este concurso contou com uma recolha de 2,5 toneladas de embalagens contribuindo para que a escola, vise em melhorar ainda mais seu desempenho ambiental, assim como sensibilizar e mobilizar uma comunidade envolvente.

A Valorminho pretende continuar a promover este género de iniciativas, pelo que se prevê a realização da 2ª Edição do concurso no ano letivo 2017/2018, abrangendo escolas e continuando a apostar na propagação da mensagem de boas práticas ambientais referente ao presente documento, Trarão inúmeros benefícios não é um bem de qualidade de vida, não só do espaço escolar, mas de toda comunidade e participação para formação pessoal destes futuros cidadãos.

Visita recente do Sr. Engº António da Mota à Valorminho 20 FEVEREIRO 2018

No último dia 30 de janeiro, a Valorminho recebeu a ilustre visita do Sr. Engº António da Mota.

 

Durante a visita o Sr. Engenheiro caminhou pelas instalações a acompanhou de perto as operações de um dia de trabalho em nossa concessionária.